10 vantagens em investir em imóveis compactos

Exemplo de Imóveis Compactos

Quem está em busca de um imóvel para comprar ou alugar consegue perceber que a metragem das novas unidades diminuiu bastante. Hoje é possível encontrar apartamentos de 40, 30, 20 e, acredite, de até 10 metros quadrados — são os chamados imóveis compactos.

De fato, essa tendência virou realidade. Isso tem a ver com uma série de fatores, como o preço muito alto cobrado por imóveis mais espaçosos, as pessoas estarem se casando cada vez mais tarde e, por isso, preferirem espaços menores, a busca pela praticidade, entre outros.

Neste post, relacionamos as principais vantagens de investir em apartamentos compactos, cada vez mais comuns no mercado imobiliário. Confira!

Público-alvo dos imóveis compactos

Para começar, vamos citar o perfil das pessoas que optam por imóveis muito pequenos. Os jovens que saem da casa dos pais para estudar, geralmente, preferem apartamentos compactos, por uma série de praticidades que eles proporcionam — na maioria das vezes bem próximos das universidades.

Casais que não pretendem ter filhos ou preferem tê-los mais tarde, também fazem parte desse grupo. Geralmente, ambos trabalham e a manutenção de ambientes pequenos envolve poucos cuidados e, por isso, são bem mais práticos.

Outro grupo que não podemos esquecer é o de profissionais que conquistaram uma boa posição no mercado de trabalho e ainda não constituíram família — muitos deles optam pela praticidade dos compactos.

Por fim, podemos destacar os investidores iniciantes no mercado imobiliário, que se interessam muito por esse tipo de imóvel devido ao valor mais baixo.

Confira, a seguir, as vantagens do apartamento compacto!

1. Imóveis compactos têm preços mais em conta

Um imóvel compacto é mais barato devido ao fato do preço ser calculado pelo metro quadrado. Sendo assim, quando os comparamos com os imóveis maiores, com o mesmo padrão, os valores são bem menores. Além disso, alguns custos que ocorrem na aquisição são, igualmente, mais econômicos, como imposto de transmissão de bens imóveis, o contrato de financiamento e o registro de escritura.

2. Oferta de serviços e lazer para os moradores

As construtoras dessa nova modalidade de empreendimento no Brasil pensam nas necessidades dos moradores desse tipo de imóvel. Investem, portanto, em áreas compartilhadas entre todos os moradores — já que estes não têm espaço para muita coisa. Serviços de lavanderia e salas equipadas com wi-fi são alguns dos serviços oferecidos por essa nova tendência.

Além disso, buscam construir em locais valorizados e com uma boa infraestrutura, que contenham uma boa segurança, opções de transportes e um comércio variado. Isso, além de conferir uma maior praticidade, agrega a esse tipo de imóvel um maior valor comercial.

3. Menores gastos para mobiliar

Por razões óbvias, decorar um apartamento de pequenas dimensões é uma tarefa mais simples e barata. Com disposição para buscar os móveis mais adequados ao tamanho e uma boa dose de bom gosto é possível deixar o espaço lindo e aconchegante.

4. Praticidade na decoração dos ambientes

Como se tornaram tendência, os apartamentos compactos ganharam uma atenção especial dos designers e decoradores. Atualmente é possível aproveitar bem os espaços de ambientes pequenos por meio de móveis planejados, que facilitam a organização e a decoração do imóvel — sem deixar de lado o estilo e a beleza.

5. Facilidade na limpeza e organização dos espaços

Quanto menor for o apartamento, mais fácil e prático será limpá-lo. Um apartamento compacto tem menos cômodos que os de tamanho tradicional e, por isso, toma menos tempo do proprietário na hora da limpeza.

6. Economia nas despesas

A manutenção de imóveis compactos diminui as despesas gerais. Apesar de o IPTU considerar a localização do imóvel, o tamanho é também é usado para constituir o valor do imposto, por isso, o gasto acabando ficando menor. Outras despesas também caem, como condomínio, conta de água e de luz — diminuindo consideravelmente o consumo de energia com iluminação e ar-condicionado.

Além disso, custos com reparos e reformas tendem a ser menores e baratos. Gastos com faxina também são reduzidos, já que alguns profissionais cobram pelo tamanho do espaço.

7. Garantia de um ambiente mais aconchegante

Decorar um ambiente pequeno requer cuidados, como evitar encher o local de móveis. Sendo assim, a decoração torna o ambiente mais aconchegante, trazendo a proposta do uso inteligente dos espaços — conferindo ao apartamento mais personalidade e o tornando mais acolhedor e agradável.

8. Possibilidade de espaços mais organizados

Os compactos permitem aos moradores uma maior organização dos espaços. Devido à pouca metragem, tudo tende a se tornar mais funcional. Cada objeto tem seu lugar, além de conter menos móveis no apartamento. Colocar as coisas em ordem, por mais bagunça que haja no local é sempre mais simples e rápido — tornando o dia a dia maia ágil.

9. Garantia de mais tempo para o lazer

Conforme já citamos, ambientes menores são mais práticos. Por isso, torna-se bem mais rápido organizá-lo, sobrando mais tempo para atividades de lazer, como passear, ver filmes, enfim, fazer o que realmente deseja nas suas horas vagas. Trabalhar é muito bom, mas o lazer é essencial, não é mesmo?

10. Facilidade na hora de revender o imóvel

Uma grande vantagem dos apartamentos compactos é o fato de eles serem revendidos e alugados com facilidade e, portanto, os preferidos por investidores. Já os mais buscados pelos consumidores que desejam comprar ou alugar imóveis são os compactos de 2 quartos, tanto do ponto de vista financeiro quanto em relação à comodidade.

Essa nova concepção de moradia tem uma influência muito grande do Japão, que há bastante tempo já lança empreendimentos com espaços bem reduzidos. Lá, eles já estão acostumados a viverem em imóveis compactos, que são, essencialmente, práticos e funcionais. Aqui, essa tendência está virando realidade, o que beneficia muitas pessoas que desejam pouco espaço para viver bem e confortavelmente!

E então, o que achou deste post? Interessante, não é mesmo? Na verdade, pequenos espaços funcionais e bem decorados se tornam muito aconchegantes e confortáveis. O que acha de compartilhar este artigo com seus amigos nas redes sociais e ajudar aqueles que também sonham em ter seu cantinho bonito, acolhedor e organizado? Eles vão adorar a ideia!

Compartilhar: