5 dicas de home staging para você usar agora mesmo!

5 dicas de home staging para você usar agora mesmo!

Você já ouviu falar em home staging? Sabia que no exterior essa técnica já é utilizada há muito tempo? Trata-se de uma boa estratégia de marketing para vender ou alugar mais rapidamente um imóvel. Apesar de ainda não ser utilizada amplamente no Brasil, algumas imobiliárias já fazem uso dessa ferramenta como uma forma de tornar a propriedade mais atrativa aos olhos do comprador.

Essa técnica de marketing foi criada intencionalmente para refinar a imagem de imóveis colocados à venda pelas imobiliárias. Na verdade eles são preparados para impressionar o comprador em diversos aspectos, e o objetivo é tornar o espaço funcional, bonito, agradável e aconchegante. Com isso, é possível acelerar o processo e diminuir o estresse do proprietário.

Vamos saber mais sobre o home staging e como colocá-lo em prática? Entenda, a seguir, o que você pode fazer para tornar um imóvel mais bonito e valorizado! Continue a leitura e confira!

O que é home staging e como surgiu?

É uma estratégia de marketing criada em meados de 1970, nos EUA, com o objetivo de tornar as propriedades mais interessantes para os compradores. A idealizadora foi uma corretora que tinha o propósito de acelerar as vendas. Para isso, precisava surpreender os compradores com um diferencial: imóveis bastante atrativos em todos os aspectos.

Os imóveis passam por pequenas reformas, se necessário, e são muito bem decorados. Após isso, são fotografados e têm as fotos são publicadas no site da imobiliária.

Hoje, o home staging está em ascensão e já é utilizado por algumas imobiliárias. Existem, inclusive, profissionais especializados na função: os home stagers — que trabalham, especificamente, decorando e fazendo pequenos reparos. Dessa forma, além de conquistar os compradores, agregam valor de mercado aos imóveis colocados à venda.

Quais as principais dicas para fazer um bom home staging?

1. Mantenha a organização

Os primeiros minutos da visita são decisivos para causar boa ou má impressão a um provável comprador. Por isso, organizar a casa para que ele possa avaliar o espaço sem a influência da bagunça é fundamental.

Diante disso, o proprietário não poderá descuidar da organização. No caso de haver crianças, cuide para que não haja brinquedos fora do lugar e para que tudo fique em ordem — ou seja, a casa toda deve estar arrumadinha. O fotógrafo que fará as imagens do local deverá encontrar tudo organizado, assim como os compradores em potencial no momento das visitas.

2. Despersonalize o imóvel

Retire da residência todos os acessórios visíveis de uso pessoal dos moradores, como porta-retratos, pôsteres e quadros espalhados excessivamente pois eles poluem o ambiente. O objetivo é tornar o local acessível e sem obstáculos, tornando a visualização dos cômodos a mais limpa possível.

Espaços com muito objetos pessoais, tendem a tirar a atenção do comprador para o que realmente interessa. Além disso, essa medida preserva a privacidade do proprietário e de seus familiares.

3. Melhore a circulação

Nada como ambientes amplos nos quais você possa circular com facilidade, não é mesmo? As pessoas estão em busca de imóveis com espaço, onde é possível transitar com facilidade. Móveis desproporcionais, que limitam a movimentação pela casa, causam uma péssima impressão.

O importante é utilizar mobílias que tenham a ver com o tamanho dos cômodos e, principalmente, que não estejam dispostos em quantidades excessivas. Sendo assim, evite poluir o ambiente, tanto física como visualmente. Manter espaço que facilite a circulação dos visitantes é fundamental para agradá-los.

4. Capriche na iluminação

A iluminação é essencial na decoração de um imóvel, ela é capaz de realçar alguns detalhes, além de dar um toque de aconchego.

Durante as visitas e nas sessões de fotos deixe a janela aberta, mesmo com a presença de cortinas, visto que a entrada da iluminação natural é muito valorizada. No entanto, é muito importante também a iluminação artificial, pois ela dá um toque acolhedor ao ambiente.

Quanto à tonalidade das lâmpadas, as brancas, conhecidas como frias, não transmitem sensação de conforto. No entanto, as amarelas, tidas como quentes, dão um ar acolhedor aos espaços, tornando-os mais aconchegantes. Por isso, elas são as mais indicadas na hora de colocar o imóvel à venda.

Posicione luminárias e abajures em locais estratégicos da sala, eles ajudarão a aumentar a sensação de espaço no ambiente. Não se esqueça de acender suas luzes durante as visitas, mesmo durante o dia.

5. Utilize espelhos

Com vários tamanhos, formas e estilos, os espelhos são um recurso decorativo bastante versátil, capazes de dar um toque especial a qualquer espaço. Eles contam com muitas funções, desde iluminar um ambiente refletindo a luz natural até criar a sensação de aumentar a área de um cômodo do imóvel.

Podem ser utilizados, democraticamente, nos diversos ambientes da casa, do banheiro à sala de estar, conferindo vida aos cômodos em que estão inseridos.

Quais as vantagens do home staging?

O home staging é uma estratégia de vendas que garante uma melhora incrível no desempenho do corretor. Ela agrega profissionalismo e seriedade ao trabalho, proporcionando mais rapidez nas negociações e satisfação dos clientes.

Confira, logo abaixo, os benefícios dessa ferramenta:

  • imagem profissional: na verdade, o home staging funciona como uma vitrine de loja — quanto mais bonito o imóvel estiver, mais resultados ele trará;
  • destaque em portais imobiliários: a maioria das pessoas busca imóveis pela internet. Quanto mais bonitas e vistosas forem as fotos do imóvel, maior procura haverá por meio de portais imobiliários;
  • agrega valor ao trabalho do corretor: trata-se de um diferencial que o profissional oferece aos seus clientes. Essa estratégia facilita tanto para o corretor quanto para o comprador que contará com uma ferramenta poderosa para tomar sua decisão.
  • valoriza o imóvel: o home staging valoriza o imóvel por meio de pequenas reformas e de uma decoração que beneficiará as suas características — tornando-a mais atrativa para um provável comprador.

Como você pode conferir neste artigo, o home staging é uma ferramenta de venda que agrega profissionalismo ao trabalho de corretor e que valoriza muito o imóvel, tornando o processo de venda mais rápido e eficaz.

Você gostou deste post sobre home staging? Aproveite, então, esta visita para assinar a nossa newsletter. Assim, você receberá as nossas atualizações na sua caixa de entrada!

Compartilhar: