Apartamento em cobertura: quais as vantagens e desvantagens?

Apartamento em cobertura: quais as vantagens e desvantagens?

Tomar a decisão de comprar um imóvel requer muitas tomadas de decisões. Afinal, é um sonho que demanda um grande investimento e, por isso, elucidar algumas questões torna-se fundamental. Então, quem pensa em adquirir apartamento em cobertura deve se inteirar sobre tudo que envolve essa aquisição.

Esse tipo de imóvel envolve um comprometimento financeiro bem maior, entre outras questões que precisam ser esclarecidas antes da adesão ao financiamento. Isso significa que existem muitos prós e contras, e você deverá avaliar todos eles para saber se essa é a alternativa ideal de moradia para o seu caso.

Sendo assim, vamos elencar, neste texto, todas as vantagens e desvantagens para que você possa tomar uma decisão acertada. Continue a leitura e acompanhe!

Vantagens de um apartamento em cobertura

É preciso balancear as vantagens e desvantagens na hora de adquirir um imóvel desse tipo. Vamos começar com os benefícios neste tópico. Veja abaixo.

Conta com uma maior área útil

Quem pensa em adquirir uma cobertura tem como principal objetivo obter uma área útil maior que os outros apartamentos do condomínio. Principalmente, quando se trata de uma família com filhos, em que o espaço é fator relevante.

Se esse é o seu caso, comprar esse tipo de imóvel é uma excelente opção, visto que seu lar terá uma área bem mais ampla — a maioria com mais que o dobro da metragem das demais unidades. Os ambientes são maiores e proporcionam mais conforto aos moradores.

Fica longe do barulho

Viver em uma cobertura significa também ficar um pouco mais longe do barulho. Os ruídos da cidade, como sirenes, buzinas, falatório, entre outros sons inconvenientes, chegam em um volume mais baixo até você. Ou seja, é mais tranquilo.

Tem uma planta diferenciada

Outra boa vantagem de coberturas é a elaboração de uma planta diferenciada — ou seja, o apartamento, por ser maior, tem a distribuição distinta dos cômodos quando comparada aos demais. Os ambientes são, geralmente, mais amplos e ainda têm uma área aberta considerável.

Conta com mais flexibilidade para alterar a planta

Os proprietários de apartamentos de cobertura têm uma flexibilidade maior na hora de erguer e derrubar paredes. É mais fácil deixar o imóvel do jeito que você quiser, como mudar janelas e portas, entre outras modificações mais viáveis.

Valoriza seu investimento

Quem compra um imóvel desse tipo conta com um grande benefício: a valorização. Com uma metragem maior, uma planta diferenciada e o conforto de ter uma área aberta o imóvel se torna mais atrativo e valorizado. Se você quiser vendê-lo no futuro, certamente o fará por um preço bem superior ao que comprou.

No entanto, para isso, é essencial manter o imóvel sempre bem cuidado. Isso o valorizará ainda mais e, consequentemente, garantirá um bom negócio na hora que quiser vendê-lo.

Conta com iluminação e ventilação privilegiadas

As coberturas, como ficam no topo dos edifícios, contam com uma melhor ventilação e uma iluminação privilegiada, já que não têm a sombra dos outros prédios para atrapalhar. Em alguns casos, como em bairros com muitos prédios, essa vantagem pode ser prejudicada. Porém, no geral, essa esse benefício de morar no alto está disponível na maioria das situações.

Existe menos barulho dos vizinhos

Quem vive em apartamento sabe que em muitas ocasiões o barulho que alguns vizinhos fazem acabam com a sua tranquilidade. No caso de morar em cobertura, esse problema não existe, é como se você estivesse morando em uma casa.

Conta com uma vista privilegiada

Mesmo que não haja grandes paisagens para se apreciar, morar no alto de um prédio possibilita uma visão privilegiada da localidade em relação aos andares mais baixos. Poder apreciar do alto o horizonte é bastante prazeroso, garantindo momentos que possibilitam relaxar e deixar para trás a rotina estressante do dia a dia.

Entretanto, da mesma maneira que há os lados positivos, os negativos também se fazem presente nesse tipo de imóvel. Veja a nossa relação de desvantagens.

Desvantagens de apartamento em cobertura

Tem um valor muito alto

Apesar de todas as vantagens que listamos, morar em uma cobertura sai muito caro. Trata-se de um bom investimento que, como já falamos acima, tende a valorizar com o tempo. Cabe a você avaliar os benefícios e concluir se vale a pena ou não — afinal, será um investimento na sua qualidade de vida.

Possui baixa pressão de água

Quem aprecia aquele banho com fartura de água pode se decepcionar com a pouca força com que ela cai nas coberturas — a pressão é menor em comparação aos apartamentos em andares inferiores, já que a caixa d’água fica no topo do prédio.

No entanto, para essa desvantagem há uma solução: compre um chuveiro com pressurizador e, assim, seu banho ficará com uma pressão um pouco maior.

Ocorrem problemas de infiltração mais facilmente

Quem mora em edifício sabe que, com o passar do tempo, é inevitável ter problemas de infiltração. Por se localizar no último andar, a cobertura é ainda mais suscetível a eles. Além disso, os encharcamentos no telhado do condomínio são de responsabilidade do proprietário da cobertura.

Há um maior número de escadas

Esse é um contratempo que as pessoas só se dão conta quando falta energia elétrica no prédio, impossibilitando o uso de elevadores. Na verdade, essa questão não envolve apenas quem mora na cobertura, mas, também, os residentes de andares mais altos. Subir muitos lances de escada em algumas situações pode ser algo bem desagradável.

É mais suscetível a variações climáticas

Apartamentos em cobertura são mais suscetíveis às variações térmicas. Por se situar no topo da edificação, o vento é mais forte, o que pode baixar a temperatura no inverno. Já no verão, o sol bate diretamente em todo o imóvel. No entanto, existem vários recursos arquitetônicos e decorativos que podem amenizar essa questão.

Os arquitetos e decoradores são capazes de desenvolver projetos que, além de funcionais, utilizam determinados materiais que contornam de forma eficaz o problema.

Fica mais distante das áreas comuns do edifício

Logicamente, ao comprar uma cobertura a distância das áreas comuns do prédio é bem maior. Para alguns, isso pode representar um problema — se houver filhos pequenos, por exemplo, fica mais difícil supervisioná-los.

No entanto, quem prefere ficar longe do barulho não se importará caso, em alguns momentos do dia, tenha que descer com os filhos para que eles brinquem.

Como foi possível conferir neste post, a escolha depende de alguns fatores determinantes, como se você tem filhos e deseja um espaço maior e com mais privacidade e segurança. Portanto, comprar um apartamento em cobertura é um investimento muito alto e que requer uma boa dose de avaliação dos prós e contras.

O que você achou deste artigo sobre as vantagens e as desvantagens de comprar uma cobertura? Teve as suas dúvidas sanadas? Então, continue com a sua visita em nosso blog e leia também o artigo sobre como evitar que você tenha prejuízo para trocar de imóvel.

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.