Avanço da classe média em países emergentes fortalecerá crédito imobiliário, diz Moody’s

Avanço da classe média em países emergentes fortalecerá crédito imobiliário, diz Moody’s

São Paulo, 18/06/2018 – O avanço da classe média e da urbanização em grandes países emergentes é um desdobramento positivo que fortalecerá seus mercados de financiamento imobiliário subjacentes, segundo relatório da Moody’s. No documento, a agência de classificação de risco avalia que esse fenômeno ampliará a demanda por serviços imobiliários e bancários nesses mercados.
A Moody’s destaca que a taxa bruta de matrícula no ensino superior – um indicador das expectativas para o crescimento da classe média – mostra clara melhora em quase todos os principais emergentes, especialmente na Turquia e no Brasil. Além disso, um número maior de famílias de classe média tem acesso a crédito bancário para garantir financiamentos de imóveis residenciais, diz a agência.

No caso do Brasil, a Moody’s prevê que o desempenho de financiamentos imobiliários residenciais deverá ganhar força nos próximos 12 a 18 meses, “com um declínio gradual da inadimplência nas faixas de atraso iniciais, e o resultado da classe média lentamente voltado a uma situação financeira mais sólida após a recessão econômica de 2015-2016.”. (Sergio Caldas – sergio.caldas@estadao.com)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.