Caixa lança crédito imobiliário com carência de 180 dias

Bancos liberam R$ 7,53 bilhões em crédito imobiliário em outubro, 33% mais do que há um ano

São Paulo, 29/11/2019 – Os financiamentos para a compra e a construção de moradias atingiram R$ 7,53 bilhões em outubro no País, o que representa recuo de 0,08% na comparação com setembro e crescimento de 33% comparado ao mesmo período do ano anterior. O resultado de outubro também foi o segundo maior desde maio de 2015, ou seja, dos últimos 54 meses.

Nos primeiros 10 meses de 2019, os financiamentos somaram R$ 62,3 bilhões, elevação de 34% em relação a igual período de 2018. E nos últimos 12 meses até outubro os empréstimos foram de R$ 73,2 bilhões, alta de 37,3% em relação ao apurado nos 12 meses anteriores.

Os dados foram publicados há pouco pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). A pesquisa considera apenas os financiamentos cujos recursos tiveram origem nos recursos bancários compostos pelo saldo das cadernetas de poupança.

O levantamento não inclui, por exemplo, as moradias do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), financiadas por linhas de crédito com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A pesquisa da Abecip indica uma recuperação do mercado imobiliário, com retomada da concessão de empréstimos para a compra e a construção de moradias, acompanhando a alta dos lançamentos de novos projetos pelas construtoras e a queda nas taxas bancárias.

O crescimento porcentual expressivo dos empréstimos, entretanto, se dá pela comparação com uma base fraca, pois os anos de 2016 a 2018 movimentaram volumes pequenos de crédito. O volume de R$ 73,2 bilhões registrado no acumulado de 12 meses até outubro deste ano está distante do pico do setor, que superou R$ 110 bilhões no ano de 2014.

Unidades – Em termos de número de imóveis, a pesquisa apontou que foram financiados 29,7 mil unidades em outubro, montante 9,1% maior do que em setembro e 28,6% acima do registrado no mesmo mês do ano passado de 2018. Este foi o maior número de imóveis financiados em um único mês desde maio de 2015.

Nos primeiros 10 meses de 2019, os empréstimos atenderam 237,4 mil imóveis, alta de 28,2% em relação a igual período de 2018. E nos últimos 12 meses até outubro, o crédito abrangeu 280,6 mil unidades, 31,6% mais do que nos 12 meses anteriores.

Ranking dos bancos – No mês de outubro, a Caixa Econômica Federal foi o banco que mais concedeu crédito imobiliário (R$ 2,575 bilhões), seguida por Santander (R 1,539 bilhão), Bradesco (R$ 1,536 bilhão) e Itaú Unibanco (R$ 1,502 bilhão).

E nos primeiros 10 meses deste ano, o ranking também é liderado pela Caixa (R$ 19,753 bilhões), mas seguido por Bradesco (R$ 14,816 bilhões), Itaú Unibanco (R$ 13,064 bilhões) e Santander (R$ 10,260 bilhões). (Circe Bonatelli, da Agência Estado)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. Bradesco Imóveis oferece Crédito Imobiliário para Aquisição de Imóveis. Realize o sonho da casa própria com rapidez e facilidade

  2. Aproveite o crédito para financiamento de imóveis, financiamento para decorar, reformar ou construir, você pode parcelar em até 60 meses itau

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.