Caixa vai promover leilão de 550 imóveis em todo o Estado

Caixa vai promover leilão de 550 imóveis em todo o Estado

A Caixa Econômica Federal ofertará, em novembro, 550 imóveis em todo o Estado de São Paulo, com descontos que poderão chegar a 78% do preço de avaliação.  As cidades de Arujá, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Diadema, Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Itaquaquecetuba, Jandira, Mogi das Cruzes, Osasco, Poá, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Suzano, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista serão os destaques do evento.

 

O primeiro pregão será realizado no dia 14, com cerca de 100 imóveis ofertados. Já no dia 29, serão realizados quatro leilões consecutivos, que negociarão 450 bens, que poderão ser residenciais – casas e apartamentos -, comerciais, terrenos e imóveis de uso misto.

 

O imóvel mais barato ofertado no leilão terá lance mínimo de R$ 101.880,04 para um apartamento de 58,17 metros quadrados de área privativa em Jandira, interior de São Paulo, avaliado em R$ 480.000,00.

 

Além disso, os eventos serão do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) e também leilões no modelo de Licitação Aberta. Imóveis do SFI são aqueles provenientes de contratos inadimplentes de Alienação Fiduciária. Para os arrematados no primeiro leilão, os débitos serão pagos pela Caixa. Os bens não vendidos serão ofertados em um segundo leilão pelo valor da dívida junto ao banco mais os débitos (IPTU, condomínio etc.). Desta forma os interessados deverão atentar às dívidas ao se interessar pelo bem.

 

Na segunda modalidade, a Licitação Aberta, os imóveis já são de propriedade da Caixa e serão ofertados um único leilão. Caso exista alguma dívida, a Caixa arcará com as despesas do imóvel até a data do evento. (Jéssica Díez Corrêa, especial para o jornal O Estado de S. Paulo)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.