CMN antecipa limite de R$ 1,5 milhão para financiamento de imóveis no SFH

CMN antecipa limite de R$ 1,5 milhão para financiamento de imóveis no SFH

Brasília, 29/10/2018 – O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu antecipar a vigência do teto de R$ 1,5 milhão para o financiamento de imóveis com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com a decisão original de julho deste ano, o novo limite entraria em vigor apenas em 1º de janeiro de 2019.

O CMN decidiu implementar o novo limite de forma imediata “diante do fato de o novo valor não implicar na necessidade de ajustes substanciais nos sistemas internos das instituições financeiras, diferentemente das demais alterações introduzidas pela referida resolução (de julho)”.

Atualmente, o limite para essas operações é de R$ 950 mil. A antecipação já havia sido cogitada pelo governo e era uma demanda da indústria da construção civil como forma de estimular o setor ainda neste ano. (Eduardo Rodrigues e Idiana Tomazelli)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. para nos do mercado imobiliario sao boas informaçoes porem cada estado tem sua diferenca nem sempre o acontece em sao paulo acontece aqui em goias.

  2. Ou Balneário Camboriú

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.