Como lidar com seu imóvel atual em um processo de compra ou aluguel?

Como lidar com seu imóvel atual em um processo de compra ou aluguel?

Você já parou para pensar sobre o quanto é importante se preocupar com a sua família, verificando se ela está feliz, em segurança ou vivendo com tranquilidade? Sabemos que é comum desejar o melhor para os entes queridos, e isso se reflete também na questão da moradia. Nesse sentido, é fundamental saber se o imóvel atual está atendendo a todas as suas necessidades.

Quando uma residência não consegue mais comportar confortavelmente os seus moradores, é comum que eles procurem por uma casa melhor e mais espaçosa. No entanto, surge um dilema: o que fazer com esse imóvel que, por muitos anos, foi um lar para a família?

Caso queira saber a resposta para essa dúvida, continue a leitura deste artigo até o final. Vamos lá?

O que fazer com o imóvel atual

Independentemente se você pretende comprar um imóvel pela primeira vez ou não, essa é uma aquisição muito importante e que com certeza marcará sua vida. Além de ser necessário realizar um alto investimento, a compra de uma casa proporciona a promessa de uma nova vida.

Contudo, caso você já possua uma residência, o que poderá ser feito com ela? É indispensável fazer com que o seu imóvel atual lhe proporcione ganhos. Para isso, é possível usar dois caminhos:

  • usar a casa antiga para ajudar a pagar a nova;
  • locar a residência e obter renda passiva.

Seja qual for a direção que pretende tomar, o ideal é analisar a sua situação financeira. Dessa forma, será possível agir de maneira racional, evitando possíveis prejuízos.

Vender o seu imóvel atual antes de comprar um novo

Para muitos brasileiros, a compra de uma residência é uma das maiores conquistas de suas vidas — afinal, os valores investidos são altos e, para quitá-los completamente, serão necessários alguns anos pagando a prestação do financiamento imobiliário.

Todavia, principalmente se tratando de um apartamento, o imóvel não acompanha o crescimento e as mudanças de necessidades da família.

Por isso, quando os filhos estão nascendo ou crescendo, é normal os pais procurarem por uma casa maior e que proporcione mais conforto. Para viabilizar essa nova compra, muitas pessoas optam por vender o imóvel atual antes de adquirir um novo.

Essa é uma ótima opção e traz muitas vantagens. Além de obter um capital que tornará viável a aquisição de um novo imóvel, a existência desse recurso facilitará a negociação de compra e a obtenção do crédito que permitirá o financiamento do restante do valor a ser investido.

Outro ponto positivo é conseguir vender o seu imóvel atual pelo melhor preço. Isso porque, ao ter a liberdade de escolher quem será o comprador, será possível negociar a residência pelo valor de mercado. Tendo em mãos dinheiro para investir, você terá mais opções de imóveis.

Contudo, é necessário estar ciente de que, após a realização da venda, será preciso desocupar o imóvel em até 30 dias. Sendo assim, é crucial não se afobar e realizar um péssimo negócio por decidir comprar o primeiro apartamento que aparecer.

Em vista disso, uma boa dica é se preparar. Já tenha em mente que você deverá encontrar um lugar intermediário para ficar. Aqui, as alternativas mais comuns são se hospedar na casa de algum familiar ou alugar um imóvel por temporada.

Usar o seu imóvel atual na compra do novo

Outra forma de lidar com o seu imóvel atual é por meio da permuta. Nela, o comprador utiliza a residência que já possui como entrada na aquisição de uma nova, sendo que o restante do valor da compra poderá ser quitado à vista ou financiado por alguma instituição financeira.

Como está aumentando o número de pessoas que desejam negociar a compra de uma residência dessa forma, algumas construtoras e incorporadoras estão oferecendo tal possibilidade de venda para atender à nova demanda.

No entanto, o comprador deve ficar atento, já que nem todas as construtoras ou imobiliárias vendem uma casa dessa maneira. Como consequência, existe uma variedade limitada de apartamentos que poderão ser comprados.

A grande vantagem para o comprador é a velocidade em que ele consegue liquidar o seu imóvel antigo, evitando a necessidade de lidar com a demora e a burocracia envolvidas em uma venda.

Outro ponto positivo é a possibilidade de que, caso o proprietário consiga vender a residência por um preço melhor, ele o retira do negócio a qualquer momento.

Contudo, existe uma grande inconveniência. Assim como ocorre na troca de veículos, para se tornar viável a permuta, a construtora ou imobiliária avalia o seu imóvel atual abaixo do valor de mercado.

Dessa forma, a empresa com que se está negociando a compra de seu futuro lar pagará menos do que você conseguiria caso vendesse a sua casa por outra forma.

Para avaliar a viabilidade de optar por esse tipo de negociação, é necessário analisar se você terá o tempo e a disposição para vender o seu imóvel atual. Apesar de receber menos por ele, a negociação será mais rápida e lhe proporcionará menos trabalho.

Conseguir renda passiva por meio da locação

Se você possui um bom planejamento financeiro e conseguiu acumular todo o capital necessário para adquirir uma nova residência, talvez a melhor opção para lidar com o seu imóvel atual seja alugá-lo. As vantagens são várias, sendo que a principal é a obtenção de uma renda extra.

Além de conseguir recursos, os quais poderão ser aplicados em outros investimentos, manter e alugar o imóvel antigo lhe possibilitará o aumento de seu patrimônio, além de diminuir os custos de manutenção dessa residência.

Todavia, é necessário tomar alguns cuidados. Às vezes, para que a residência se torne mais atrativa aos locatários e seja alugada mais rapidamente, é necessário realizar alguns investimentos. Também será necessário lidar com toda a burocracia envolvida em um contrato de locação e na administração do imóvel.

Para facilitar o gerenciamento de sua carteira de imóveis, é comum os proprietários contratarem uma imobiliária. Isso terceiriza o trabalho para uma empresa especializada, acostumada a lidar com todas as tarefas e problemas relacionados a uma locação.

Para saber como lidar com o seu imóvel atual, é necessário analisar todas as possibilidades existentes antes de fazer a compra do novo. Além disso, para evitar possíveis dores de cabeça e conseguir aproveitar algumas boas oportunidades, é necessário se preparar financeiramente.

Caso você tenha gostado das dicas do post e queira receber informações valiosas como esta em primeira mão, não deixe de assinar agora mesmo a nossa newsletter. Até a próxima!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.