Como planejar uma reforma: 8 dicas para manter a obra sob controle

Como planejar uma reforma: 8 dicas para manter a obra sob controle

Quer saber como planejar uma reforma em grande estilo, ficar livre de dores de cabeça e ter sucesso na hora de controlar a bagunça? Preparamos uma lista com as principais dicas para você ficar de olho!

Reformar a casa demanda tempo, orçamento e muita paciência com todas as exigências necessárias. Sendo assim, é preciso planejar tudo com antecedência para evitar situações incômodas.

Vamos às orientações para manter a obra sob controle? Continue a leitura e prepare-se!

Qual é a importância do planejamento para uma reforma?

Planejar as etapas da sua vida é essencial para manter sua trajetória de objetivos em percurso, e o mesmo acontece na hora de reformar a sua casa. As obras são cansativas e demandam orçamento, tempo e muito trabalho em equipe.

O planejamento vai auxiliar na hora de definir qual é o valor disponível para investir nas obras, quanto tempo a reforma deve demorar, quantos profissionais precisarão ser contratados para realizar o trabalho e quem será o responsável por cuidar de todo o processo enquanto você segue sua rotina.

Sendo assim, os primeiros passos para planejar uma reforma incluem criar um plano completo, realizar orçamentos, definir os prazos e determinar os tipos de mudanças.

Como planejar uma reforma em casa?

Agora que você compreendeu a importância do planejamento na hora de reformar a sua moradia, separamos algumas dicas essenciais para manter a obra sob controle e evitar estresse desnecessário. Confira o passo a passo para ficar livre de preocupações:

1. Defina o seu orçamento

A primeira ação para que o seu planejamento saia como o esperado em qualquer reforma é definir o cálculo da reserva separada para as obras. O valor necessário precisa ser estabelecido com antecipação, e você ainda deve guardar um montante para cobrir possíveis imprevistos.

É importante estabelecer um orçamento para não extrapolar os gastos e acabar apertando a sua renda mensal. Se for preciso, reduza o valor de algumas despesas e elimine consumos supérfluos para obter o montante necessário. Essa organização deve ser feita com antecedência.

2. Crie um cronograma para cada etapa

Qual é o primeiro passo, onde a obra começa, quais cômodos serão reformados, quanto tempo deve durar cada processo e quantos profissionais precisam fazer parte da sua equipe de reforma são questões que devem entrar no calendário junto com o planejamento.

Estabeleça prazos, metas, valor máximo de gastos e uma data limite para o fim das obras. Com isso, será possível acompanhar o avanço da reforma e preparar a casa nova conforme o seu desejo.

Cada etapa precisa ser determinada junto com o planejamento. Portanto, procure definir qual será o primeiro cômodo a ser reformado, o destino das mobílias que faziam parte do local antes da reforma, como vai ficar a acomodação da casa e a necessidade de sair do imóvel durante o período.

3. Compre os materiais necessários com antecedência

Junto com o seu planejamento, orçamento e cronograma, é importante adquirir todos os equipamentos e produtos que serão utilizados durante a reforma. Essa antecipação é essencial para garantir que apenas o fundamental será comprado, sem exageros.

A qualidade dos materiais também demanda atenção. Às vezes, economizar comprando produtos sem um bom padrão pode causar retrabalho, ou seja, gerar a necessidade de uma nova reforma em um curto período. Portanto, não tenha medo de comprar as melhores opções.

4. Contrate mão de obra especializada

Ao seguir as dicas acima você já terá uma noção de quais profissionais serão necessários para colocar a mão na massa em sua reforma. A qualidade do trabalho precisa ser impecável, portanto, acerte o serviço apenas com técnicos qualificados.

Converse com amigos que saibam a importância de entender como planejar uma reforma e peça dicas e recomendações sobre empresas de mão de obra. A partir dessas indicações, solicite orçamentos e avalie qual é a melhor opção no seu orçamento para cumprir com os prazos estabelecidos no cronograma.

5. Conte com ajuda profissional

Além da busca por mão de obra especializada, é necessário contratar engenheiros e arquitetos, principalmente em casos que exigem mudanças na estrutura original do seu imóvel.

Os profissionais serão capazes de determinar as melhores opções de alterações para os cômodos e, ainda, ajudar com a disposição de móveis e definição do melhor estilo de decoração para cada ambiente.

6. Mantenha o cronograma em dia

Lembra do planejamento elaborado no início da lista? Durante o processo da obra é importante acompanhar se a reforma está seguindo o calendário previsto. Dessa maneira, você consegue manter o prazo estipulado e, ainda, garantir que o desempenho dos profissionais escolhidos esteja de acordo com o contrato estabelecido.

7. Seja responsável com o planejamento financeiro

Mesmo após a definição do orçamento você ainda terá gastos não planejados, portanto, é essencial contar com uma reserva extra. As finanças não devem ser comprometidas, afinal, as contas da casa vão continuar surgindo no período. Por esse motivo, é interessante manter as suas economias organizadas.

Os meios de pagamento dos materiais de construção, profissionais de mão de obra, engenheiros e todos os outros investimentos necessários podem ser combinados com antecedência e parcelados. Dessa forma, o investimento não vai pesar tanto no seu plano de gastos.

8. Aproveite o resultado

Agora que você sabe como planejar uma reforma e precisa aproveitar a casa do jeito que esperava, basta curtir os bons momentos que um imóvel repaginado proporciona e relaxar após semanas ou meses de bagunça.

Os resultados depois do processo são surpreendentes e podem trazer a tranquilidade que você buscava ao decidir pela reforma do lar. Portanto, aproveite muito o seu cantinho com dias de descanso e comece a organizar a sua casa.

Embora pareça uma tarefa simples, muita gente não sabe como planejar uma reforma de maneira tranquila e sem perder o controle com prazos e gastos. Agora, com nossas dicas, ficou mais fácil programar as obras e começar as mudanças tão desejadas em seu imóvel!

O que você achou das nossas dicas de como planejar uma reforma? Gostou? Então assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em sua caixa de e-mail!

Compartilhar: