Como saber a hora certa de fazer mudança residencial?

Dizem que toda mudança traz melhorias. As perspectivas são outras: novos ambientes, possibilidades de fazer amizades, conhecer lugares diferentes. Enfim, é um momento que pode misturar alegria, incerteza, ansiedade, falta de paciência e trabalho.

Entre as tantas transformações possíveis, uma costuma marcar profundamente nossas vidas — a venda da atual moradia e a mudança residencial para uma nova casa ou um apartamento. Essa é uma experiência que, provavelmente, todos nós experimentaremos.

E, se chegou sua vez, continue a leitura deste post. Preparamos um guia completo sobre mudanças residenciais para ajudar você a diminuir o estresse e a fazer com que tudo transcorra da melhor maneira possível. Acompanhe!

Identifique o momento certo para vender a casa

Você sabe como é fundamental prestar atenção às transformações na sua vida e na de sua família. A vida é dinâmica e as suas necessidades e exigências seguem esse processo. E, vender a casa onde mora, está na lista de possibilidades.   

O importante é perceber quando é o momento de fazer isso e agir com segurança para  deixar a atual moradia e procurar por outra para residir. Conheça, a seguir, algumas das razões que levam isso a acontecer. 

A família aumentou

Os filhos chegam e é preciso que tenham seus espaços distintos. Os pais ou os sogros podem vir morar com você ou um parente do interior pode necessitar residir com sua família até ter condições de alugar ou adquirir seu próprio patrimônio.

Além disso, há os bichinhos de estimação, o desejo de um escritório ou um atelier. Enfim, é melhor pensar em buscar um lugar maior.

A localização não satisfaz mais

Seja devido a uma mudança de emprego ou à transferência do trabalho para outro local; ao crescimento desordenado do bairro; ao aumento da violência; ao trânsito caótico ou ao fim da privacidade familiar: quando a localização da habitação desagrada à família, mudar é a solução.

O imóvel atual está velho

Com o tempo, a construção (antes tão linda) ficou desgastada. A casa (ou o apartamento) começa a dar sinais de que precisa passar por uma reforma geral em sua infraestrutura.

Há infiltrações, vazamentos, pisos e revestimentos soltando, problemas na rede elétrica, pintura descascando, entre outros. Uma nova morada significa livrar-se dos transtornos das constantes manutenções.

É hora de melhorar a qualidade de vida

Sua vida profissional está em plena ascensão. Assim, a situação financeira melhorou e você percebe que é chegado o instante de investir em seu bem-estar e no de sua família. É hora de comprar um novo espaço, que ofereça mais conforto e comodidade.

Escolha o melhor canal para anunciar 

Agora é partir para a venda de seu imóvel. O mercado disponibiliza diversas alternativas para anunciar. Você pode optar por uma imobiliária com tradição e reconhecida pela qualidade de seus serviços. Uma pesquisa facilitará sua decisão entre as muitas boas empresas do segmento imobiliário.

Outra via são os portais online. Eles conquistaram uma posição de confiabilidade e estão atraindo muitos usuários. É permitida a inserção de textos, fotografias em enquadramentos variados e muita agilidade em casos de modificação, troca ou cancelamento do anúncio. 

Pesquise por novos imóveis

As transformações provocadas pelos avanços tecnológicos alcançaram em cheio o mercado imobiliário. Atualmente, são disponibilizados diversos canais virtuais de comunicação entre vendedores e compradores.

ofertas mitre

A conexão digital faz da internet a grande vitrine para se encontrar a residência ideal. A partir de portais digitais responsivos e aplicativos, como o Moving Imóveis, a busca pela nova casa (ou pelo novo apartamento) é bastante facilitada e segura. Você tem acesso a itens como:

  • fotos do ambiente;
  • informações sobre localização e infraestrutura da construção e de seu entorno;
  • preço;
  • situação jurídica;
  • canais de contato com a imobiliária e/ou o corretor credenciado.

Analise as opções antes da compra

Agora é a vez de analisar as opções que parecem mais adequadas às suas expectativas e à sua condição financeira. Abaixo, veja o que levar em consideração nessa análise.

Idade da construção

A idade de uma casa ou um apartamento é um indicador do processo de construção e das condições da edificação. Construções antigas costumam apresentar problemas na estrutura, inclusive com a utilização do barro para levantar as paredes e a ausência de colunas ou vigas de concreto para sustentá-las.

Tipo de material utilizado

Independentemente da idade, procure verificar o tipo e a qualidade do material empregado na construção. O ideal é contar com um profissional especializado em construção civil para fazer isso.

Como critério de economia, muitos itens de baixa qualidade costumam ser utilizados e podem não ser percebidos claramente. As consequências são várias:

  • metais sanitários e de cozinha descascando;
  • pisos trincados e azulejos soltando;
  • bolhas na pintura das paredes;
  • ferrugem;
  • vazamentos;
  • problemas elétricos, entre outras.

Localização

Não basta que o bairro seja legal (e a rua, sossegada). Observe questões relacionadas à locomoção e logística. Lembre-se dos locais que você e seus familiares frequentam constantemente, trabalham ou estudam — e quais os meios de transporte que usam para isso.

Vizinhança

Vizinho é quem está ao seu redor: do lado, em cima, embaixo, na casa em frente ou no outro quarteirão. Do casal simpático de velhinhos ao roqueiro da madrugada; da quitandinha ao supermercado 24 horas; do restaurante de comida natural ao bar da moda.

Problemas de relacionamento e de convivência com a vizinhança são as causas de insatisfação e mudança de endereço de muita gente.

Documentação

É fundamental conhecer a situação legal do imóvel que você quer comprar. Obtenha seu número de matrícula e solicite uma certidão no cartório de registro de imóveis. Informe-se na prefeitura sobre a regularidade no pagamento de taxas e impostos.

Preço

Pesquise preços de imóveis semelhantes ao que você quer na região escolhida, para saber se o  valor do que está em negociação é justo. Se for, certifique-se de que tal quantia seja compatível com seu orçamento. Caso esteja acima de seu limite, use uma das estratégias mais comuns à lei de oferta e procura: peça um desconto.

Faça a mudança residencial

Negócio fechado, chaves na mão e vamos fazer a mudança. Mais uma vez, vale recomendar um passo a passo para evitar aqueles contratempos e transtornos que parecem querer acompanhar você e sua família.

Limpe e areje a nova moradia. Dependendo do volume de itens, o ideal é contratar uma empresa especializada nesse tipo de serviço de mudança.

Caso não seja nada assim tão grandioso, essa tarefa pode ser feita por você, com a ajuda de familiares para embalar e encaixotar. Faça a identificação do conteúdo das caixas para, assim, facilitar a organização na hora da embalagem e quando for abri-las na casa nova.

Enfim, sabendo como fazer sua mudança residencial, você vende bem o imóvel atual, compra melhor ainda o novo, ocupa o espaço sem estresse e comemora com seus entes queridos esse instante maravilhoso na vida de vocês.

Quer ficar sempre atualizado sobre nossos posts? Então, assine nossa newsletter e receba dicas e orientações sobre compra, venda e locação de imóveis diretamente em seu e-mail!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

6 Comentários

  1. Adorei as dicas. Me mudei recentemente e que dor de cabeça! No fim deu tudo certo.

    1. Oi Ludmila. Tudo bem?
      Que maravilha! Mudar, apesar de trabalhoso, é muito bom. Já que está de casa nova, temos outras dicas para você sobre decoração e finanças. Acreditamos que possa te interessar 😀

  2. Parabéns! ótimas dicas, Uma mudança residencial ou até mesmo comercial exige bastante planejamento e organização, fazendo com que se concretize sem problemas! Temos uma empresa de mudanças e buscamos sempre melhorar nossa organização! Garantindo a segurança dos bens de nossos clientes, e assim voltando a nos contratar e ate indicar! Obrigado pelas dicas

    Rezende Mudanças

  3. O post está escrito de uma maneira muito boa e contém muitas informações úteis para mim. fretes e mudanças

  4. Quando estamos prestes de mudar para uma nova casa sempre lembramos de algo que esquecemos de fazer, de contratar ou até mesmo de embalar. Isso é normal, mas incômodo, pois atrasa ainda mais o processo. Por isso é ideal ter um Check List de mudança residencial para não esquecer de fazer nada, para que sua mudança saia como planejado.

    1. Bem lembrado! Obrigado por contribuir com nosso conteúdo 😀

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.