Casal decidindo entre comprar ou alugar um imóvel

Comprar ou alugar um imóvel: qual é o melhor negócio?

Você já deve ter ouvido diversas opiniões sobre qual é a melhor alternativa: comprar ou alugar um imóvel? Bom, na verdade, não existe uma alternativa melhor do que a outra, já que o que determina a opção mais vantajosa é a situação atual em que você se encontra.

Neste post, nós vamos mostrar para você como funciona cada um desses dois processos. Continue conosco e boa leitura!

Quero comprar um imóvel, e agora?

Entre comprar ou alugar, você que deseja a primeira opção precisa saber que a compra de um imóvel pode ser realizada de duas maneiras: à vista (quando você dispõe de todo o dinheiro necessário para realizar o negócio) ou por meio de um financiamento junto a uma instituição financeira (isso acontece quando você não tem a quantia necessária e precisa de um empréstimo).

Veja em detalhes como é que funciona os dois casos.

À vista

Esse é o caso ideal para quem tem o valor total para realizar a compra do imóvel. Você evita todo tipo de dívidas junto aos bancos para poder adquirir seu objetivo.

Basta que o comprador e o vendedor discutam detalhes e fechem o negócio. Depois, procede-se a assinatura da “Promessa de Compra e Venda de Imóveis”, realizando o pagamento de um sinal para reserva.

O atual proprietário dará entrada em toda a documentação, sendo necessária a apresentação de todos os papéis para passagem de escritura no cartório e pagamento da transação.

Financiamento

Aqui, a figura da instituição bancária pode exigir mais tempo para o andamento do negócio, pois é necessário seguir uma série de regras instituídas pelo banco para realizar a compra.

O primeiro passo é escolher qual é a melhor instituição (a que cobra menos juros) para ser a parceira na hora de adquirir o seu imóvel. Depois, é preciso verificar junto ao banco o valor mínimo de entrada para a propriedade escolhida.

Após esses trâmites, será necessário reunir toda a documentação do comprador e do vendedor, exigida pela instituição, e aguardar o andamento do processo. Depois de algum tempo, o banco disponibilizará o dinheiro e poderá ser realizada a passagem de escritura em cartório.

Quais são as vantagens da compra?

Você pode ter o sonho da casa própria (e não queremos de modo algum tirar isso de você), mas é importante estar ciente de que será preciso contar com o dinheiro para dar uma boa entrada ou comprá-la à vista. Dessa forma, você evitará uma série de dívidas e burocracias que demandam tempo e paciência.

Não caia na tentação de realizar parcelamentos dos valores iniciais ou contração de empréstimos, pois assim você poderá acabar cheio de dívidas e com problemas para manter a quitação das parcelas, vindo a perder o imóvel.

Quero alugar um imóvel, e agora?

Entre comprar ou alugar um imóvel, aqueles que optam pela segunda opção devem, primeiramente, escolher a propriedade que melhor cobre as suas necessidades, levando em conta a localização, valor, tamanho, entre outros critérios.

Após a escolha, você pode entrar em contato com o proprietário ou representante, no caso uma imobiliária, e dar entrada na lavratura do contrato em cartório. É importante saber que a maioria exige que seja pago um valor extra para que sirva de segurança no caso de atraso ou danos ao imóvel.

O contrato pode ser firmado rapidamente, e boa parte deles é criado para um ano ou mais, tendo seus valores reajustados todos os anos. Ao final do prazo, o inquilino pode sair do imóvel e recuperar o valor extra entregue no início do contrato ou fechar negócio para continuar morando no imóvel.

Quais são as vantagens do aluguel?

Por mais que as pessoas falem que comprar é muito mais vantajoso do que alugar, investir em uma propriedade alugada pode trazer uma série de benefícios que não são encontrados ao adquirir a casa própria.

Uma opção viável até a compra

A primeira barreira para a compra de um imóvel é a falta de dinheiro, não é? Grande parte das instituições bancárias pedem que você realize o pagamento de 20% para financiar um imóvel. Para uma propriedade de R$200.000,00 reais, por exemplo, isso seria o equivalente a R$40.000,00.

Para boa parte da população, desembolsar um valor como esse não é possível. O que algumas pessoas fazem é parcelar esse valor, pegar empréstimos ou tomar outras atitudes que podem afundá-las em dívidas.

New York Tower

Logo, entre comprar ou alugar, você pode alugar um imóvel e aplicar um determinado valor todo mês em investimentos, por exemplo. Com isso, você terá futuramente o dinheiro para dar entrada no valor do imóvel ou, quem sabe, comprá-lo à vista.

Mais econômico

Alugar um imóvel pode ser mais barato que comprar uma propriedade, e podemos demonstrar isso com uma conta muito simples: imagine que você tenha R$500.000,00 reais para investir na sua casa. Podemos encontrar imóveis desse valor para alugar por até R$2.500,00 reais por mês.

Em vez de realizar a compra da propriedade, você investe o dinheiro em algum ativo de renda fixa, como o Tesouro Direto, com retorno de 1% e teria um rendimento de R$5.000,00.

Ou seja, você poderia realizar o pagamento de seu aluguel e ainda contar com R$2.500,00 reais para reaplicar todo mês, aumentando ainda mais o seu patrimônio.

Mudança simples

Muitas pessoas viajam constantemente, outras podem ser transferidas de cidade ou estado a qualquer momento no emprego e outra parcela gosta simplesmente de mudar de ares de vez em quando.

Qual a importância de considerar diferentes fatores antes de tomar uma decisão?

Antes de tomar a decisão de comprar ou alugar um imóvel é fundamental levar diversos fatores em consideração. Isso porque, ao levar essas questões você tende a tomar uma decisão segura e racional. Além disso, aumentam-se as chances de escolher um imóvel que atenda às suas necessidades e também às de toda a sua família.

A escolha de um imóvel para morar, portanto, deve ser feita de forma cuidadosa e cautelosa. Isso porque, o local deve fornecer conforto e segurança para você, e também aos seus entes queridos. Além disso, o ambiente deve ser tranquilo e atender às suas necessidades e das pessoas queridas.

O que é melhor: comprar ou alugar um imóvel?

Realmente essa não é uma decisão fácil. Isso, porque é necessário considerar diversas questões antes de tomar uma decisão eficiente. Por esse motivo, não há uma resposta única e exata para essa pergunta.

Entre as principais questões a serem pensadas neste momento estão a relação custo-benefício, a flexibilidade, os prazos, a escolha da localização e a possibilidade de personalização. Destacaremos sobre essas questões na sequência do conteúdo.

Custo-benefício

O custo-benefício é uma das principais questões a serem analisadas antes de comprar ou alugar um imóvel. Nesse contexto, vale muito a pena comparar os preços entre um imóvel comprado ou mesmo alugado. A localização, a possibilidade de personalização e a flexibilidade também devem ser verificadas com o objetivo de verificar a relação custo-benefício.

Flexibilidade

A flexibilidade é outro fator importante a ser analisado antes de tomar uma decisão. Caso tenha interesse em alugar a sua moradia, você terá flexibilidade, pois poderá morar em qualquer local e também terá a oportunidade de se mudar quando for necessário. Pode ser, por exemplo, para entrar em uma nova empresa, fazer uma outra universidade.

Prazo

A questão do prazo não deve ser deixada de lado ao escolher entre comprar ou alugar um imóvel. Caso prefira mudar de imediato, alugar tende a ser uma melhor opção. Isso, porque não será preciso juntar uma grande quantia para conseguir o seu novo lar.

Por outro lado, caso decida se planejar e também esteja aberto a se programar a médio e longo prazo, comprar uma casa ou apartamento tende a ser mais vantajoso, pois você poderá ter um imóvel para chamar só de seu, com chances de valorizar com o passar do tempo.

Escolha da localização

A escolha da localização é um dos principais aspectos a serem analisados antes de comprar ou alugar um imóvel. Nesse momento, a melhor opção varia conforme as suas necessidades. Você prefere morar perto do trabalho? Pretende ficar em uma região tranquila e menos agitada? Deseja estar em uma região com mais linhas de ônibus?

Todas essas questões devem ser levadas em consideração ao considerar a localização do seu imóvel. Nesse contexto, em algumas situações pode ser melhor comprar um imóvel e em outras é preferível alugar um imóvel.

Personalização

Caso tenha interesse em personalizar o seu imóvel do seu gosto, a compra de uma residência é uma ótima ideia e um ótimo negócio para você. Isso, porque caso adquire o ativo, você poderá personalizá-lo de acordo com as suas necessidades. Por outro lado, se você for alugar um imóvel não será possível personalizar o local da maneira que deseja.

Como vimos, a escolha do andar ideal do apartamento precisa considerar a comodidade e todos os critérios que validam a aquisição de um novo imóvel. Com um bom planejamento, entre expectativas e realidade, temos a certeza de que, em breve, você e sua família estarão em um lar seguro e aconchegante.

Está com alguma dúvida sobre o que é melhor: comprar ou alugar um imóvel? Entre já em contato com a gente! Estamos dispostos a fornecer o melhor suporte possível para auxiliá-lo nessa importante decisão.

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.