Conheça as etapas da compra de um imóvel

Conheça as etapas da compra de um imóvel

Comprar uma casa ou apartamento é a autêntica realização para quem deseja usufruir de toda a estabilidade de ter seu próprio lar. Essa conquista pode ser alcançada com mais tranquilidade quando acompanhada por um detalhado planejamento.

Afinal, passar pelas etapas da compra de um imóvel sem programação significa se expor a vários riscos. Entre eles, os perigos relacionados à parte financeira da compra e ligados ao perfil da moradia. Para realizar sua aquisição com todo sucesso, descubra as fases da compra e se prepare bem! Vamos lá?

Determinar o valor da aquisição

Definir o quanto você pretende gastar na compra do seu futuro lar é parte fundamental de uma aquisição livre de problemas. Claro que essa ideia fica mais ou menos estabelecida desde que se começa a pensar na compra.

Mas ao decidir que chegou mesmo a hora de fazer negócio, é necessário prestar atenção aos seus aspectos financeiros. Entre eles, o valor máximo do imóvel, que deve se encaixar no orçamento sem causar impacto negativo.

Então, busque perceber qual é a quantia que você realmente tem disponível para realizar seu sonho da casa própria.

Lembre-se que, além do preço do imóvel, há ainda custos em torno da compra com impostos, taxas e tributos. Portanto, some-os a fim de se aproximar o máximo possível de conhecer o custo total com a propriedade.

Decidir pela melhor forma de pagamento

Essa etapa está estreitamente relacionada à anterior, por demandar refletir acerca das suas finanças. Feita essa análise e de posse da informação sobre o que cabe no orçamento, é o momento de escolher como pagar pelo imóvel. Suas alternativas abrangem as elencadas a seguir.

Comprar à vista

Se você conta com o capital para comprar seu imóvel à vista e se programou a empregar esse valor, terá grande poder de negociação. Aproveite essa condição de maneira a obter benefícios, a exemplo de descontos e outras facilidades.

Desse modo, é possível economizar na aquisição — o que ajuda nas despesas da mudança —, e até conseguir vantagens bastante atraentes.

Financiar por um programa habitacional

Caso o seu plano de comprar a casa ou o apartamento passe por fazer um financiamento imobiliário, é preciso ver qual linha de crédito é a certa para você. Dependendo da sua faixa de renda, a compra do primeiro imóvel pode ser feita por meio de programas habitacionais.

Para se enquadrar, é preciso atender a certos critérios, entre eles não ganhar mais que 10 salários mínimos. O valor do imóvel também tem um teto-limite, que deve ser observado na obtenção da linha de crédito.

Obter crédito imobiliário

Sem todas as restrições dos programas habitacionais, os bancos públicos e privados oferecem linhas de financiamento específicas para aquisição de imóvel. De acordo com cada perfil de comprador e instituição, são diferentes os juros e os prazos de pagamento.

Essas diferenças são significativas, portanto, vale o esforço de pesquisar minuciosamente antes de contratar o crédito imobiliário.

Financiar com a construtora

Há a opção de financiar direto com a construtora, se o objetivo é adquirir um imóvel na planta ou novo. O fluxo de pagamento, nessa modalidade, costuma ser flexibilizado pelo vendedor, o que tende a facilitar a aquisição.

Fazer um consórcio

Complementando as formas mais utilizadas de pagar pela residência há os consórcios, que permitem comprar parcelado, sem a incidência de juros. Tal como a aquisição do imóvel na planta, são adequados a quem pode esperar para se mudar, sendo um tipo de compra programada.

Identificar qual imóvel atende às suas necessidades

É essencial ter clareza quanto ao tipo de imóvel que satisfaz suas expectativas, a fim de não acabar se frustrando com a compra. Nesse sentido, perceba o que valoriza em uma moradia e o que ela tem de proporcionar ao seu cotidiano.

Para tal, identifique o tamanho de imóvel que comporta seu estilo de vida, pense sobre a localização e as especificidades da nova moradia. Não perca de vista, ao concluir o que deseja, as possíveis alterações na rotina, bem como na composição familiar.

Esse cuidado permitirá que o imóvel atenda às suas necessidades não só imediatas, mas também no médio e longo prazo.

Fazer uma ampla pesquisa

Um lema a seguir quando se trata de fazer uma aquisição imobiliária é “pesquise, pesquise e pesquise ainda mais”. Afinal, são tantas e tão variadas possibilidades de imóveis que não cabe agir precipitadamente ao fazer a escolha.

Por isso, busque seu imóvel ideal com calma, sem correria e com o mínimo de emoção. Atente-se a todos os aspectos que você estabeleceu e direcione a sua pesquisa às residências condizentes com esse perfil.

Para ter acesso às múltiplas ofertas de casas e apartamentos, use a tecnologia a favor da sua procura. Acessar um portal imobiliário online abre milhares de possibilidades, já que lá estão edificações de diferentes anunciantes, atuais e organizadas de maneira intuitiva.

Com filtros de busca avançados, o agregador de oportunidades permite fazer pesquisas aprofundadas, sem perder tempo. Essas funcionalidades multiplicam as chances de encontrar exatamente o que se procura, sem ficar perdido em um emaranhado de anúncios, muitas vezes desatualizados.

Conhecer o imóvel

Encontrado o imóvel dos sonhos, não o deixe escapar, vá o quanto antes visitar e checar se a afinidade com ele se confirma. Para tal, note os detalhes da edificação e do condomínio — se escolheu morar em um residencial. Vá ao endereço em horários variados, veja como o sol bate nos cômodos e o nível de ruídos percebido com as janelas abertas.

Vá de carro e transporte público, descubra se há fartura de linhas de ônibus em seus arredores e como é o trânsito no bairro. Olhe o ambiente no qual está inserida a casa ou o apartamento e confira a segurança da localidade.

Depois de tudo averiguado, você terá plena convicção se o imóvel é ou não o ideal. Daí, a próxima providência é partir para o fechamento, a última das etapas da compra de um imóvel!

Fechar o negócio

Aqui, cautela é a palavra-chave, pois fechar a compra vai exigir lidar com documentações, tanto suas como do imóvel. De maneira a agilizar o processo, tenha toda sua papelada pessoal em ordem e, se for financiar, separe seus comprovantes de renda.

Em relação ao imóvel, cerque-se de garantias e exija certidões que o assegurem de estar livre e desimpedido. Na compra de uma residência na planta, certifique-se da idoneidade e saúde financeira da construtora e se existem registros cartoriais da incorporação do empreendimento.

Cumpridas todas as etapas da compra de imóvel acima elencadas, você vai estar com as chaves do seu novo lar nas mãos. Essa conquista é motivo para muita comemoração, porque a solidez de um imóvel serve de base a muitos outros progressos. Sem contar que um bom imóvel tende a se valorizar, o que é motivo a mais para festejar a importante realização!

Agora que você sabe todo o indispensável para fazer uma aquisição imobiliária acertada, leve essas informações aos seus amigos compartilhando o artigo em suas redes sociais!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.