CREDIT SUISSE: Aval da câmara à capitalização da Caixa ajuda mercado imobiliário

São Paulo, 07/12/2017 – O avanço da proposta no Congresso para capitalização da Caixa Econômica Federal é uma notícia positiva para as empresas do mercado imobiliário, especialmente aquelas que atuam na produção de empreendimentos residenciais para consumidores de baixa e média renda, pois destrava os gargalos na liberação de financiamento nos próximos meses, de acordo com avaliação da equipe de analistas do Credit Suisse.

Em relatório distribuído a clientes, os profissionais do Credit Suisse observam que a grande quantidade de votos na Câmara favoráveis ao projeto de capitalização da Caixa indica uma forte articulação política para permitir que o FGTS dê suporte ao banco público. “Vemos uma alta probabilidade de que essa medida seja aprovada agora no Senado”, afirmam os analistas Nicole Hirakawa, Luis Stacchini e Vanessa Quiroga, no documento. “Esse movimento coloca pressão no TCU para que aprove a capitalização”, completaram.

A Câmara dos Deputados aprovou ontem, por 318 votos a 13 e duas abstenções, o projeto de lei que permite ao conselho curador do FGTS adquirir, por resolução, bônus perpétuos emitidos pela Caixa com o objetivo de socorrer o banco público. A medida é uma tentativa de driblar o Tribunal de Contas da União (TCU), que abriu investigação sobre a operação.

O Ministério Público junto à corte de contas chegou a pedir que a transação fosse barrada, por entender que há desvio de finalidade e risco de dano ao patrimônio dos trabalhadores. (Circe Bonatellicirce.bonatelli@estadao.com)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.