Após baixar juros, bancos correm atrás de incorporadoras para financiar obras

Crédito imobiliário tende a crescer mais que o previsto em 2019

São Paulo, 25/07/2019 – A Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) revisou para cima suas projeções de crescimento do financiamento para a compra e a construção de imóveis no País neste ano. A expectativa da entidade para a expansão da carteira de financiamento subiu de 7% para 13% no ano, o que deve somar R$ 132 bilhões.

Por segmento, se forem considerados apenas os recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) a previsão de crescimento é ainda mais forte, e passou de 20% para 31% neste ano, atingindo R$ 75 bilhões. Já a previsão para o crédito através dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) passou de contração de 5% para redução de 4% neste ano.

“Vai faltar mão de obra para falar de financiamento imobiliário”, afirmou Gilberto Duarte Filho, presidente da Abecip, durante coletiva de imprensa sobre os resultados do setor no semestre.

Sobre a liberação de parte do FGTS, anunciada recentemente pelo governo, o executivo avalia que a iniciativa não compromete a dinâmica de desembolso corrente. “A notícia é absolutamente positiva e conta com total apoio da Abecip. Para efeito prático o valor pode ser pequeno, mas fará diferença na vida de muita gente”, afirmou.

Os financiamentos para a compra e a construção de imóveis no País somaram R$ 6,06 bilhões em junho, crescimento de 10,4% em relação ao mesmo mês do ano anterior, segundo informações da Abecip, que consideram apenas os empréstimos com recursos originados nas cadernetas. Ante maio, porém, foi registrada queda de 8%

Nos primeiros seis meses de 2019, os empréstimos atingiram R$ 33,7 bilhões, elevação de 33,3% em relação a igual período do ano passado. No acumulado de 12 meses até junho, os financiamentos totalizaram R$ 65,82 bilhões, alta de 37,5% frente ao intervalo anterior.

Nas modalidades de aquisição e construção, foram financiados 22,3 mil imóveis em junho, resultado 13,4% maior do que em junho de 2018 e 2,3% inferior ao de maio. Nos primeiros seis meses do ano, os recursos do SBPE propiciaram a aquisição e a construção de 129,2 mil imóveis, alta de 30,7% em relação a igual período do ano passado.

Nos últimos 12 meses, até junho, foram financiadas a aquisição e a construção de 258,7 mil unidades, aumento de 34,8% ante o intervalo anterior. “Os números reforçam a expectativa da Abecip de que os financiamentos imobiliários continuarão registrando evolução ao longo de 2019”, disse Duarte. (Fabiana Holtz)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.