Casal analisando critérios para financiamento imobiliário

Não perca 7 principais critérios para financiamento imobiliário

Você sabe quais os critérios para financiamento imobiliário? Ter o próprio imóvel, seja casa ou apartamento, é um objetivo comum a muitos brasileiros. No entanto, por ser um investimento com valor expressivo, nem sempre é possível realizar esse sonho, pagando a vista.

Nesse sentido, o financiamento surge como alternativa ideal e permite adquirir um imóvel de uma forma que cabe no orçamento — porém, para conseguir esse recurso são avaliados diversos critérios, que devem ser conhecidos para facilitar o processo e ter maiores possibilidades.

Se você deseja entender mais sobre o processo de financiamento para se preparar e realizar o seu sonho, vamos ajudar! Continue a leitura deste post e veja sete critérios para financiamento imobiliário que são avaliados e decisivos para conseguir um ótimo plano!

Tipos de financiamento mais comuns no mercado

Antes de iniciar o processo para financiar um imóvel, é importante saber que existem diferentes tipos, e entender sobre eles é indispensável. Por se tratar de um investimento significativo e com maior número de parcelas, saber como funciona cada plano vai ajudar a evitar surpresas desagradáveis. Sendo assim, é possível notar diferentes tipos de financiamento imobiliário no mercado, que são:

  • juros pré-fixados — a variação de juros é definida no próprio contrato;
  • juros pós-fixados — os índices de juros podem variar de acordo com a inflação;
  • carta crédito FGTS — uso do Fundo de Garantia como parte do pagamento;
  • pró-cotista — linha de financiamento para não atuantes na CLT.

Diante disso, a incidência de juros pode elevar o valor das parcelas e o pago ao final do plano. Por isso, esclarecer suas dúvidas é indispensável. Além de contribuir para o seu planejamento financeiro, auxilia a encontrar opções mais vantajosas para adquirir o imóvel dos seus sonhos.

7 critérios para financiamento imobiliário

O financiamento imobiliário é um processo criterioso, em que a instituição financeira avalia diversos aspectos para conceder o crédito. Em vista disso, seja em um imóvel novo ou usado, os critérios são decisivos para se ter uma resposta positiva e conseguir um bom plano. Nesse contexto, a melhor forma para otimizar suas chances de conseguir o financiamento é conhecer esses critérios e se preparar.

Assim, é possível aperfeiçoar seu perfil financeiro e elevar suas possibilidades para encontrar parcelas que cabem no seu bolso e com juros mais baixos. Veja a seguir, quais são os principais critérios analisados para a oferta de financiamento imobiliário!

1. Maioridade civil

Um dos primeiros critérios avaliados no processo de análise do financiamento é a maioridade civil do solicitante. É preciso ter acima de 18 anos para dar sequência na solicitação e conseguir obter o contrato de financiamento imobiliário.

2. Documentos

Outro requisito indispensável é a análise dos documentos pessoais, que podem variar de acordo com a instituição que você escolheu. Normalmente, são documentos pessoais de identificação, comprovante de residência e financeiros, sendo que a falta de algum desses itens pode impedir o financiamento.

3. Restrições no nome

A restrição no nome, ou seja, negativação por alguma dívida que não foi paga, consiste em um dos critérios mais importantes na análise do financiamento. Se uma pessoa tem algum impedimento no nome, certamente, não vai conseguir fazer o financiamento imobiliário.

4. Conta no banco

O histórico de movimentações e da relação com o banco é um critério sempre avaliado para a concessão do financiamento imobiliário. Inclusive, as instituições podem solicitar um extrato para comprovar as movimentações e ajudar a entender melhor o perfil do cliente.

5. Score

A pontuação do score também é um critério importante para ter sucesso na análise do financiamento imobiliário. Quanto maior a contagem dos pontos, maiores serão as possibilidades, pois demonstra que o cliente tem o hábito de pagar as contas e parcelamentos em dia.

6. Comprovação de renda

A comprovação de renda mensal individual ou familiar é um critério decisivo para o financiamento e determina qual o valor que o cliente tem condições de absorver. Para analisar esse fator, as instituições podem solicitar diversos documentos, por exemplo:

  • holerite/contracheque;
  • registro na carteira de trabalho;
  • declaração de imposto de renda;
  • extrato bancário;
  • declaração de comprovação de rendimentos.

7. Valor de entrada

O valor da entrada é um fator imprescindível para a análise do financiamento imobiliário, sendo um dos pilares para a concessão do contrato. Dessa forma, ter um valor expressivo para a entrada é uma das alternativas mais importantes para conseguir o financiamento.

Motivos de reprovação do financiamento e como evitá-los

Você viu até agora que o processo de análise do perfil do cliente para o financiamento imobiliário acontece por meio de muitos critérios. Em vista disso, as falhas em qualquer um desses requisitos pode comprometer toda a avaliação e impedir o financiamento nas tentativas iniciais. Sendo assim, os fatores que mais reprovam os solicitantes do financiamento imobiliário são os problemas com restrições no CPF, renda incompatível com as parcelas, baixo valor de entrada e falta de movimentação com o banco.

Entretanto, com um bom planejamento, é possível se preparar e evitar a reprovação na análise do financiamento imobiliário. Em outras palavras, com algumas medidas, qualquer pessoa pode melhorar o perfil financeiro e aumentar as possibilidades para conseguir uma resposta positiva nas primeiras tentativas. Dessa forma, as melhores estratégias para evitar a reprovação no crédito imobiliário são:

  • conferir a situação do seu CPF;
  • eliminar dívidas;
  • movimentar bem sua conta bancária;
  • monitorar frequentemente o seu score;
  • reunir a documentação com antecedência;
  • planejar bem o seu orçamento;
  • fazer simulações antes de pedir financiamento;
  • ter atenção especial com o valor da entrada.

Com essas estratégias, o seu perfil pode ser aperfeiçoado para aumentar as possibilidades de conseguir um financiamento. Além disso, contribui para aproveitar oportunidades e condições especiais para realizar a compra do seu imóvel de acordo com seu planejamento. Como você pode notar, são diversos os critérios avaliados para financiamento imobiliário pelas instituições financeiras e bancos. Portanto, não deixe de se planejar com antecedência e elevar suas chances para atingir seus objetivos e realizar seu sonho.

Gostou do post? Agora que você já sabe quais os principais critérios para financiamento imobiliário, o que acha de ler outro conteúdo relevante sobre o assunto? Não perca tempo e veja agora mesmo o que é amortização de financiamento!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.