Selic sobe

Estudamos a criação de uma central de recebíveis para crédito imobiliário, afirma Abecip

São Paulo, 30/01/2020 – A Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) em parceria com a B3 está constituindo uma central de recebíveis para o setor de crédito imobiliário. A expectativa é que a nova ferramenta entre em operação, conforme a presidente da entidade, Cristiane Magalhães Portella, no início do segundo semestre deste ano, entre julho e agosto.

A iniciativa é capitaneada pelos bancos, mas também conta com o envolvimento do setor de construção civil. “A ideia é dar mais segurança a todos os envolvidos do mercado, registrando os CPFs das pessoas que compraram os imóveis e financiaram em um plano empresário. Antes os bancos eram a referência para saber se um empreendimento estaria quitado, agora, teremos uma central que registrará essas informações”, explicou Portella, em coletiva de imprensa, nesta manhã.

A central depositária depende ainda de aprovação do Banco Central. O modelo é similar ao já feito para as duplicatas e cartões.

A presidente da Abecip disse ainda que a entidade criou uma iniciativa para aprofundar estudos de desenvolvimento na área de mercado de capitais. Dentre os focos do grupo, conforme ela, está a possibilidade de as letras imobiliárias garantidas (LIGs) sejam ofertadas no mercado internacional. O entendimento do setor é de que a flexibilização atrairia mais facilmente os investidores estrangeiros, que já estão acostumados com esse instrumento, chamado lá fora de ‘covered bond’. (Aline Bronzati, da Agência Estado)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.