Gafisa prevê de R$ 900 milhões a R$ 1 bilhão em lançamentos em 2018

São Paulo, 13/12/2017 – A Gafisa trabalha com a perspectiva de lançar em 2018 empreendimentos com valor geral de vendas entre R$ 900 milhões e R$ 1 bilhão, um crescimento relevante comparado aos R$ 560 milhões de 2017.

“Temos landbank e condições de fazer um volume muito superior ao deste ano. Em 2018, estamos trabalhando com um volume similar ao de 2016”, afirmou o presidente da incorporadora, Sandro Gamba. Ele ponderou, entretanto, que a materialização desses lançamentos dependerá das condições do mercado, como manutenção de uma velocidade de vendas adequada.

O executivo disse que o escopo da Gafisa continuará sendo os mercados imobiliários de São Paulo e Rio de Janeiro. No entanto, a tendência será de uma concentração de projetos em São Paulo, onde há maior demanda de consumidores e uma movimentação maior da economia como um todo. Gamba ressaltou que continuará prospectando terrenos e projetos no Rio, embora o mercado ainda esteja sob pressão por lá.

Em relação à loteadora Alphaville Urbanismo, onde a Gafisa detém 30% de participação, Gamba disse que o cenário está mais favorável para a retomada dos lançamentos, embora a companhia ainda não tenha fechado o plano estratégico para 2018. Em 2017, a loteadora puxou o freio dos novos projetos e apresentou prejuízo.

Para o ano que vem, Gamba sinalizou ainda que espera uma melhora das margens da Gafisa, como resultado da estabilização dos lançamentos, da velocidade de vendas crescente e da melhora da produtividade das obras. “O que está faltando para capturarmos esses ganhos de receita é a velocidade das obras”, explicou. Por outro lado, as contingências judiciais ainda podem machucar um pouco o balanço, permanecendo no mesmo nível visto em 2017.

(Circe Bonatelli – circe.bonatelli@estadao.com)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.