Inteligência de mercado

Como usar a inteligência de mercado para vender mais na imobiliária?

Independentemente do porte ou área de atuação de uma empresa, garantir um grande volume de vendas, aumentar o número de clientes, destacar-se perante a concorrência e otimizar seus processos são alguns dos objetivos de qualquer gestão empresarial e fazem parte do conceito de inteligência de mercado.

Por meio de uma administração que envolve um planejamento de dados bem estruturado, é possível bater metas de crescimento e se destacar com excelentes resultados e autoridade no mercado imobiliário.

Diante disso, preparamos este conteúdo para que você entenda os benefícios e a importância da inteligência competitiva (como também é conhecida). Continue a leitura e saiba como ela pode ser o diferencial de produtividade e sucesso na sua empresa!

O que é inteligência de mercado?

O termo é muito utilizado na sua versão em inglês, Business Intelligence. Relaciona-se ao conjunto de processos de captação de dados e a sua devida transformação e conhecimento que se aplica à realidade da empresa.

Trata-se de uma metodologia que se baseia na obtenção de dados em um universo amplo que abrange as soluções oferecidas por uma empresa, seu público-alvo, seus clientes, e, logicamente, seus concorrentes.

A inteligência de mercado está associada, mais especificamente, às áreas de marketing de um negócio, com a função precípua de orientar as tomadas de decisões por meio de uma compreensão mais intuitiva sobre os cenários que se apresentam na empresa. Dessa forma, abrem-se possibilidades de expansão dos negócios.

Quais são os benefícios da inteligência de mercado?

O conceito é visto como um poderoso recurso que garante uma visão privilegiada do mercado e, dessa forma, se possa tomar decisões e criar estratégias para os diversos processos de uma imobiliária. Veja as principais vantagens de adotá-lo na empresa!

Cria perspectivas para o futuro

Saber o que pode acontecer daqui a um determinado período possibilita uma boa visão de mercado. Dessa forma, torna-se possível antecipar tendências, criar soluções e estratégias frente às mudanças que surgirão no mercado. Assim, as tomadas de decisão se tornam mais fortes e seguras.

Garante inovação

A inovação é sempre bem-vista no mercado, e desenvolver ações inovadoras diante de uma visão antecipada dos fatos pode garantir estratégias efetivas. Por meio desses estudos, é possível que uma marca inove com tendências previstas — impactando o seu público-alvo.

Mantém-se à frente da concorrência

A inteligência de mercado pode ser usada para uma análise de concorrência e garantir, dessa forma, uma boa posição no mercado. Nessa etapa, são usadas as informações obtidas e, assim, garantir insights importantes que garantem uma melhora de desempenho por meio de estratégias eficazes.

Conquista o consumidor

Por intermédio de pesquisas é possível identificar as principais necessidades do consumidor. Da mesma forma, alguns dados importantes são obtidos, como as principais reclamações do cliente em relação à concorrência.

Desse modo, é possível criar estratégias, garantindo um alinhamento ao que o seu público-alvo busca, assim como fidelizar e atrair mais clientes.

ofertas mitre

Otimiza a comunicação

Usando a inteligência de mercado é possível criar soluções para aprimorar a comunicação e aperfeiçoar o relacionamento com o cliente. Algumas informações podem ser cruciais na hora de desenvolvermos e avaliarmos as necessidades do público-alvo e, assim, melhorar o atendimento e, consequentemente, aumentar a produção.

Como construir inteligência de mercado?

Algumas dicas podem ser bem úteis para que você adote em sua imobiliária a inteligência de mercado, sem que seja necessário contratar um serviço de consultoria ou ficar dependendo de pesquisas de mercado. Veja!

Faça as perguntas adequadas

Para começar, você precisa colher algumas respostas. Então, comece por fazer um esquema com as principais perguntas. Para isso, esquematize-se e anote somente as questões que considera importantes. Veja alguns exemplos para a sua imobiliária:

  • qual o número de atendimentos que temos por mês;
  • de onde eles vêm;
  • quais os tipos de imóveis que eu mais comercializo (residencial ou comercial);
  • os imóveis em minha carteira são exclusivos ou não;
  • qual é o perfil do meu cliente (vendedor, comprador, locador, locatário);
  • negócios realizados (por que deram certo);
  • entre outras.

Colete informações

Após obter as informações, levante os dados de um período anterior, que pode ser um trimestre, semestre ou ano. Busque respostas baseadas nessas informações sem achismos.

Nessa etapa, você pode ter uma certa dificuldade, pois os furos de uma boa estratégia podem surgir e dificultar uma coleta de dados eficiente. Veja os principais motivos:

  • falta de registro de grande parte dos atendimentos;
  • não saber de onde veio o lead;
  • não ter muitas informações sobre os dados de imóveis;
  • falha operacional observada pela falta de preenchimento de algumas informações por acharem que não são importantes e se tratar de uma mera burocracia;
  • entre outros.

São alguns dos exemplos de desalinhamento do estratégico com o operacional, que muitas vezes prejudica a equipe como um todo. Daí a importância de uma cultura de disciplina e processo de todos os envolvidos na imobiliária.

Conte com um bom sistema imobiliário

Se sua coleta de perguntas e respostas não foi eficiente, talvez você não esteja utilizando bem a tecnologia. Hoje, é muito difícil uma imobiliária não ter um software, no entanto existem aqueles que não suprem todas as necessidades de um negócio.

Você deve ter em mente que o sistema deve ser um aliado e contribuir para que todos os processos estejam alinhados. Ou seja, ele deve gerar uma coleta de dados eficiente e garantir indicadores de desempenho.

Faça uma análise das suas informações

Após coletar as informações, faça uma análise dos indicadores para saber como está o seu negócio. Avalie o que deu e o que não deu certo. Pense sempre nos negócios que realizou para analisá-los e saber o porquê do sucesso.

Veja alguns exemplos de como fazer uma análise!

  • que mídia foi mais eficiente e garantiu retorno;
  • qual o tempo médio de compra do seu comprador;
  • qual o corretor que teve os melhores resultados e por quê;
  • qual o tipo de imóvel mais vendido;
  • entre outras.

A análise deve ser profunda e interpretá-la bem é essencial para o sucesso da imobiliária. É fundamental para a adoção da inteligência de mercado, traçar as melhores estratégias em seus negócios. Lembre-se de que é muito importante fazer parcerias de sucesso e contar com empresas como o portal Moving Imóveis que pode ajudar bastante nesse sentido.

Se você gostou do post, e deseja dar mais destaque à sua imobiliária, entre em contato conosco e conheça o nosso trabalho. Podemos contribuir bastante para o seu sucesso!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.