MRV será mais agressiva nas vendas de imóveis e irá recorrer a descontos

Lançamentos e vendas de imóveis sobem 8,4% e 9,7%, respectivamente, no quarto trimestre de 2019, segundo CBIC

Brasília, 02/03/2020 – O mercado imobiliário nacional registrou 8,4% de crescimento no volume de lançamentos de moradias e 9,7% de alta no número de vendas no quarto trimestre de 2019 quando comparados com o mesmo período de 2018, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira (02) pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

Em relação ao trimestre anterior, os lançamentos registraram uma alta de 28,3%, enquanto que as vendas tiveram, na mesma comparação, aumento de 13,9%. Já em relação ao ano cheio, houve crescimento de 15,4% no volume de imóveis residenciais lançados de 2018 para 2019. Nas vendas, a alta foi de 9,7% comparando os dois anos. No total, foram 130.137 unidades lançadas em 2019, e 130.434 vendidas.

“Os lançamentos praticamente equivaleram às vendas. Isso é muito bom, porque entra em equilíbrio no mercado”, disse o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

Por sua vez, o ritmo de crescimento foi mais lento para os dois indicadores. De 2017 para 2018, o número de imóveis lançados havia saltado 17,9%, e o de unidades vendidas, 16,4%. Os dados se referem a 27 cidades e regiões metropolitanas.

No fim de 2019, o setor tinha 134.751 residenciais novos disponíveis, um aumento de 4,8% em relação ao último trimestre de 2018. No ano, o indicador de oferta final (em construção, na planta, e pronto) saltou também 4,8%. De 2017 para 2018, ele havia caído 8,1%.

A região Norte apresentou o maior crescimento no número de unidades residenciais lançadas no quarto trimestre no comparativo à mesma época no ano passado, saltando 85,9%. Por outro lado, a mesma região registrou a maior queda no volume lançado entre o quarto trimestre e o terceiro trimestre de 2019, com recuo de 53,3%.

Já o Sul teve a maior alta no número de unidades residenciais vendidas no quarto trimestre comparado ao mesmo período de 2018, com 48,8%.

Também no quarto trimestre do ano passado, o Sudeste representou a maior fatia no volume de unidades lançadas e vendidas, com altas de 72,1% e de 61,3%, respectivamente. (Amanda Pupo, da Agência Estado)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.