Local e vista privilegiada influenciam no preço de aluguel de temporada, diz corretor

Local e vista privilegiada influenciam no preço de aluguel de temporada, diz corretor

São Paulo, 19/11/2018 – O valor de um aluguel de temporada é influenciado por múltiplos fatores. O gerente comercial da Ocean Consultoria de Imóveis, Egon Costa, cita alguns: “Depreciação do imóvel, tamanho, localização, se tem vista privilegiada, quantas pessoas acomoda e se possui área de lazer. Tudo influencia”.

 

A procura, que pode aumentar ou diminuir de acordo com os rumos da economia, também pesa. O Creci-SP realizou um levantamento de preços para este feriadão de 15 de novembro, e que pode dar uma ideia dos valores que serão praticados na temporada.

O estudo aponta que apartamentos de três dormitórios saem por R$ 440 diários no Litoral Sul (Praia Grande, Mongaguá, Peruíbe e Itanhaém), por R$ 1.000 no Litoral Central (Bertioga, Santos, Guarujá e São Vicente) e R$ 575 no Litoral Norte (Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela). Já uma casa de quatro dormitórios no Norte, pode ter valor de diária de R$ 1.900, em média. Na área central, o custo está em torno de R$ 1.400, e no Litoral Sul a diária média é de R$ 660. Essas tipologias estão entre as mais buscadas, pois acomodam grupos maiores de pessoas.

 

O Creci não possui uma estimativa dos valores médios que devem ser cobrados durante esta próxima temporada. No entanto, nas férias do ano passado, uma casa de quatro dormitórios no Litoral Norte custou em média R$ 1.616. Já no Litoral Sul, o preço foi de R$ 870. Considerando um apartamento de três dormitórios, os valores médios por diária foram de R$ 1.083 para o Norte, R$ 550 para o Centro e R$ 450 para o Sul.

 

Online. O diretor da Altitude Imóveis, Luciano Lima, defende que, ao escolher o imóvel pela internet, o interessado deve optar por sites que se dedicam exclusivamente ao ramo imobiliário. “A recomendação é não buscar em sites genéricos, em que você compra desde uma caneta até um avião, porque eles não têm compromisso com o que estão anunciando, mas sim naqueles voltados para o aluguel de temporada”, afirma. (Jéssica Díez Corrêa, especial para O Estado)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.