6 melhores bairros para morar em Campo Grande (MS)

6 melhores bairros para morar em Campo Grande (MS)

Conhecida como “Cidade Morena”, a capital do estado de Mato Grosso do Sul já foi eleita como a sétima melhor para se viver no Brasil. Com clima quente devido à sua localização — região central do Brasil — as temperaturas podem chegar a 31º de média em alguns períodos, além de ser um centro urbano tranquilo se comparado a outras regiões metropolitanas do país. E você, sabe quais são os melhores bairros para morar em Campo Grande, MS?

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você confira uma lista com os principais deles, além de conhecer os seus diferenciais. Continue a leitura e saiba mais!

1. Cidade Jardim

O bairro Cidade Jardim é considerado um dos mais nobres da capital. Até pouco tempo, houve uma expansão significativa na construção de imóveis de alto padrão por toda a região, mas hoje já existem residências a preços mais acessíveis, trazendo mais possibilidades de negociação para quem deseja se mudar para o local.

Está localizado próximo ao Parque das Nações Indígenas, cuja estrutura contempla 119 hectares de lazer e esportes às margens de um lago, o que traz garantia de entretenimento para os finais de semana de toda a família.

Com a expansão de construções no Cidade Jardim, houve também a necessidade de ampliar o comércio da região. Por essa razão, há uma excelente infraestrutura para as necessidades básicas do dia a dia, como escolas, academias, outras áreas de lazer, além de alternativas gastronômicas para quem quer curtir um pouco da culinária campo-grandense.

Isso sem falar das ruas arborizadas, o que proporciona aos moradores uma excelente qualidade de vida, além de ser uma ótima opção para quem curte praticar exercícios ao ar livre.

2. Itanhangá

Para os amantes de um local com contato próximo com a natureza sem dispensar as facilidades oferecidas por centros urbanos, Itanhangá é uma opção a ser analisada pelo futuro morador.

Entre as vantagens de residir em uma região como essa com ampla arborização, destaca-se a redução dos riscos de ansiedade, de doenças cardiovasculares, além de ser ótimas alternativas para fugir um pouco do movimento encontrado mesmo em cidades mais tranquilas como Campo Grande.

É nesse bairro que está localizado o parque do Itanhangá, com nascentes espalhadas ao longo do espaço que são verdadeiros espelhos d’água, ambiente ideal para refrescar a cabeça ou até mesmo ler um bom livro ao som natureza.

Deve-se destacar, ainda, as facilidades comerciais encontradas no bairro, trazendo conforto e satisfação a todos que residem por ali, além de ser uma alternativa para quem deseja encontrar um empreendimento para investimento a longo prazo.

3. Chácara Cachoeira

Mais uma alternativa para quem quer estar mais próximo da natureza e ter a oportunidade de proporcionar qualidade de vida a todos os membros da família. Por todos esses motivos, o local foi uma das regiões onde pôde-se observar uma maior valorização do metro quadrado nos últimos anos, sendo hoje considerado um dos mais caros da capital.

Além disso, destaca-se as facilidades encontradas em todo o local. Há bares, buffets e outras alternativas essenciais para a rotina de qualquer morador, sem precisar se deslocar por grandes distâncias.

Encontra-se, ainda, academias, farmácias, supermercados, entre outros, trazendo a possibilidade até mesmo de os moradores usufruírem desses ganhos sem precisarem utilizar automóvel.

Não se assuste com o metro quadrado mais caro da cidade, uma vez que, assim como em outras regiões mais valorizadas, também se encontram opções a preços mais acessíveis, o que traz boas possibilidades de negociação.

4. Vilas Boas

Nos últimos anos, Campo Grande observou um crescimento e desenvolvimento significativo de seu espaço. Por essa razão, bairros localizados a uma distância considerável do centro da cidade também cresceram e atingiram bons patamares, como o Vilas Boas.

Apesar de ser mais distante, há ótimas alternativas de mobilidade e com transporte acessível. Naturalmente, o comércio também cresceu, trazendo facilidades para quem não deseja ir muito longe para desempenhar funções essenciais.

Além disso, é considerado um dos bairros mais populosos de Campo Grande, o que atrai os olhares de grandes empresários e investidores, justamente pela ampla visibilidade que a região adquiriu. Deve-se observar, ainda, as muitas alternativas de bares e restaurantes, ideais para quem gosta de curtir os finais de semana ao lado das pessoas queridas.

5. Jardim dos Estados

Quem busca por um local que se destaca pela segurança, o Jardim dos Estados é o ponto ideal. No entanto, não é apenas essa característica que permite com que ele seja um dos bairros preferidos da capital do Mato Grosso do Sul, como também a tranquilidade das ruas e a ampla valorização de quem adquire um imóvel nesse espaço.

Também é preciso destacar as alternativas de lojas de alto padrão existentes no bairro, o que torna a opção preferida para aqueles que gostam de curtir um pouco a agitação da cidade.

6. Tiradentes

Centros urbanos estão em constantes modificações. Uma região que antes não era valorizada, em pouco tempo pode atrair olhares de investidores e também de pessoas interessadas por aquele local. É basicamente o que aconteceu com o bairro Tiradentes.

Há alguns anos, era conhecido por ser um local com ampla violência. No entanto, com o desenvolvimento do comércio e a chegada de construções de luxo, permitiu com que ela se tornasse mais tranquila e segura para os moradores, o que valorizou os imóveis como um todo.

No entorno, há estabelecimentos comerciais das mais diversas opções, além de ser outro ramo de amplo crescimento.

Outro ponto de destaque do bairro Tiradentes está no fato da sua versatilidade, o que permite com que futuros moradores encontrem os mais diversos tipos de imóveis, de acordo com as suas necessidades e com a sua realidade financeira.

Neste conteúdo, você pôde conhecer quais são os melhores bairros para morar em Campo Grande, MS. Ao escolher uma casa/apartamento para alugar ou comprar, existe a necessidade de analisar alguns pontos importantes.

Entre eles, a segurança do local, as necessidades da família — possibilidades de deslocamento, por exemplo —, além de conferir a estrutura física do imóvel e o tamanho ideal. Assim, certamente fará uma escolha que se adéque à sua realidade, trazendo comodidade a todos os membros de sua casa.

Gostou das dicas apresentadas e deseja conhecer outros conteúdos como esses? É só seguir nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn.

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.