4 melhores cidades do Brasil para investir em imóveis

4 melhores cidades do Brasil para investir em imóveis

Um investidor inteligente não injeta o seu capital em qualquer tipo de investimento. Uma frase famosa do terceiro homem mais rico do planeta, Warren Buffet, diz que a primeira regra de um investidor é “nunca perder dinheiro” — é assim no mercado de ações e também do setor imobiliário.

Então, antes de fechar negócios e assinar contratos, é importante descobrir quais são as melhores cidades do Brasil para investir em imóveis. Neste artigo, estenderemos “o tapete vermelho” para as metrópoles mais desejadas e valorizadas no território nacional. Mostraremos, também, quais são os aspectos que as tornam “celebridades” entre os investidores do mercado imobiliário. Avance para os próximos tópicos!

Por que investir em imóveis nas melhores cidades brasileiras?

O Brasil é um país bem extenso. Devido a isso, existem muitas opções de cidades para todos os bolsos e gostos. No entanto, quando o critério são as melhores para se investir em imóveis, o número de representantes fica um pouco menor. Ao pesquisar sobre esse grupo seleto, o investidor perceberá uma série de atributos que levam essas metrópoles para o “topo do pódio”.

Um deles é a valorização dos imóveis. Nessas cidades, a tendência é o aumento constante do preço do metro quadrado e, mesmo quando a economia nacional fica instável, não é grande a queda dos valores. Outro benefício aponta para o crescimento dessas cidades. Isso acontece devido à grande atração que essas metrópoles provocam nas pessoas.

Afinal, são redutos de bons investimentos públicos e privados, gerando renda, emprego, educação, sustentabilidade e acessibilidade a diversos serviços. Todos esses fatores, juntos, oferecem aos moradores mais qualidade de vida.

Além disso, algumas dessas cidades se localizam em regiões turísticas, cheias de praias ou belas montanhas.Sendo assim, avaliando todas as vantagens oferecidas pelas melhores cidades do Brasil, podemos afirmar que preenchem os pilares de um bom investimento: rentabilidade, segurança e liquidez.

Quais são as melhores cidades do Brasil para investir em imóveis?

Agora, mostraremos a lista com as metrópoles consideradas como bons investimentos no setor imobiliário. Com certeza, são zonas urbanas cheias de benefícios. Vejamos quais são elas.

1. São Bernardo do Campo

Em São Paulo, encontramos a cidade de São Bernardo do Campo — considerada a maior da região do ABC paulista. De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a renda média salarial é de 4 salários mínimos. Já a taxa de escolarização é de 97,6% e o produto interno bruto (PIB) ultrapassa os R$53 milhões.

Esse mesmo estudo mostra que os indicadores da saúde e da infraestrutura urbana também são elogiáveis. Outro relatório, chamado “Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil”, apresenta que o índice de desenvolvimento humano (IDHM) atinge a pontuação 0,805 (faixa considerada muito alta). Para chegar a esse valor, são levados em consideração os critérios saúde, educação, renda, trabalho, habitação e vulnerabilidade social.

Um detalhe interessante de São Bernardo do Campo é a arborização das ruas, que torna a cidade mais verde e agradável. Devido a todos esses benefícios, não é difícil encontrar excelentes opções de imóveis pela metrópole.

Imóveis para Investimento

2. Natal

A belíssima capital do Rio Grande do Norte, Natal, não poderia ficar de fora da lista de melhores cidades do Brasil para investir em imóveis. Um dos principais apelos é a extensa faixa litorânea, cheia de praias paradisíacas. No entanto, os atributos dela não se limitam ao turismo. Por exemplo, o IDHM alcança a média de 0,763 (nota considerada alta).

Outra vantagem da cidade é a educação. Entre as instituições de ensino, se destacam a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN). Podemos dizer que a cidade respira inovação, pois tem o Parque Tecnológico Metrópole Digital. Por causa desse ambiente, muitas empresas se fixaram em Natal, gerando renda e emprego.

O mercado imobiliário da cidade também é bem forte. Uma das provas disso é o número de lançamentos de empreendimentos residenciais. Além de muitas ofertas de apartamentos de alto padrão em bairros nobres próximos de áreas valorizadas da cidade.

3. Niterói

Beleza, riqueza, segurança e qualidade de vida. Esses são apenas alguns dos fatores que levam a cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, a ser considerada a não-capital mais desejada do Brasil — de acordo com uma pesquisa apresentada em um artigo do jornal O Globo. Tal fama não é sem motivos.

Afinal, essa metrópole se desenvolveu com planejamento e sustentabilidade, mesmo sendo vizinha de uma das maiores megalópoles do Brasil: o Rio de Janeiro. Dentro dos seus limites, encontram-se boas universidades, um forte setor empresarial, belezas naturais, infraestrutura urbana e muitas residências de luxo.

Já o IDHM está na faixa de 0,837 (considerado muito alto). Sendo assim, Niterói ocupa as primeiras posições entre as cidades brasileiras com a maior pontuação no índice de desenvolvimento humano.

4. Florianópolis

Floripa é um apelido carinhoso dado à capital do estado de Santa Catarina, Florianópolis. Como pode uma cidade tão desenvolvida ser, na verdade, uma ilha paradisíaca com inúmeras praias? Pois essa é a realidade desse município. Essa união da natureza litorânea com o espaço urbano faz a cidade ser frequentada e desejada por muitos brasileiros.

No ranking do IDHM, ela ocupa a terceira posição nacional. As razões se devem, entre outros fatores, a boa educação, renda e saúde da população. Em vista disso, a valorização imobiliária é bem grande. De acordo com os números do estudo FipeZap, feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), em uma década, a média do preço de venda nessa cidade subiu impressionantes 208,94%.

O que levar em consideração ao escolher uma dessas cidades?

Antes de optar por uma das cidades alistadas, é importante analisar o perfil familiar. Dessa forma, entende-se qual é a que mais se enquadra nas necessidades de todos. Em seguida, um estudo sobre o custo de vida mostrará a realidade de se viver na metrópole.

Por fim, torna-se necessário buscar imóveis compatíveis com a renda e os desejos familiares. Para isso, a ajuda de uma imobiliária da região será muito bem-vinda.

Mas antes de escolher a empresa, verifique sua credibilidade, histórico e reputação perante os clientes. Ao acessar o site da imobiliária, observe os serviços que disponibiliza e compare com os oferecidos por outras empresas. Fazendo assim, a escolha da cidade para “chamar de sua” será tranquila e cheia de felicidade.

O que achou de nosso artigo? Gostou da nossa lista com as melhores cidades do Brasil para investir em imóveis? Outros, com certeza, também curtirão este conteúdo. Então, compartilhe com os seus amigos nas redes sociais!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.