Ocupação de prédios corporativos cresce em São Paulo

São Paulo, 04/10/2017 – O mercado de prédios corporativos de São Paulo deu novos sinais de recuperação, com avanço nas locações e queda dos espaços vagos. A absorção líquida (saldo entre áreas locadas e devolvidas) foi positiva em 13,3 mil m² em agosto. Com isso, a taxa de vacância (espaços vagos) mantém sua tendência de baixa e fechou o mês em 25,6%, uma queda de 0,4 ponto porcentual em relação a julho, de acordo com dados da consultoria imobiliária Cushman & Wakefield.

 

Aluguel em baixa

Já o preço pedido médio para locação ficou em R$ 97,8 por m² ao mês, 0,3% a menos do que no mês anterior. Apesar da recuperação do mercado, os donos de prédios corporativos ainda estão flexibilizando os valores dos aluguéis para atrair empresas interessadas em se instalarem nos locais. (Circe Bonatellicirce.bonatelli@estadao.com)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.