Parcelas atrasadas de financiamento imobiliário: entenda quais são as soluções

Parcelas atrasadas de financiamento imobiliário: entenda quais são as soluções

Comprar a casa própria é um investimento importante e, muitas vezes, a realização de um sonho. No entanto, um financiamento desse tipo leva muito tempo e compromete grande parte da renda de uma família, devendo haver bastante cautela nessa decisão e, principalmente, um planejamento financeiro.

No entanto, mesmo assim, e diante de algumas dificuldades que podem surgir no decorrer do caminho, muitos acabam tendo suas parcelas atrasadas de financiamento imobiliário. Dessa forma, correm um sério risco de perder o bem. Contudo, existem soluções que podem ser utilizadas para evitar essa situação.

Neste post, você vai saber o que fazer diante dessa circunstância. Continue conosco e confira o que fazer caso passe por esse problema!

Qual o limite de inadimplência que o banco aceita?

De acordo com as regras do financiamento imobiliário, três parcelas em atraso são o limite que o banco aceita. Após isso, a dívida pode ser executada e, consequentemente, o imóvel ser leiloado. Isso porque o bem passa a pertencer à instituição e só volta para o contratante após ele quitar a dívida em atraso.

No entanto, na prática, as coisas são mais flexíveis. As instituições financeiras tendem a ser mais tolerantes. O principal motivo é que não vendem tão rapidamente e o imóvel fica fechado, gerando despesas relacionadas à manutenção.

Dessa forma, algumas financeiras dão um tempo a mais que o limite estipulado para dar início ao processo de retomada do bem. Apesar disso, grande parte dos bancos estão abertos à negociação da dívida em atraso, de forma que fique mais confortável para ambas as partes.

O que fazer para não perder o imóvel?

Após ter feito tantos planos com a família para entrar em um financiamento imobiliário e, enfim, ter a casa própria, não é justo que não dê certo, não é mesmo? Sendo assim, vamos relacionar algumas dicas para que você mantenha suas prestações em dia e não coloque em risco seu investimento. Veja!

Mantenha uma reserva

Apesar de o financiamento imobiliário tornar o sonho da casa própria algo viável para aqueles que não dispõem de recursos, é necessário muito planejamento e economia. Afinal, você vai arcar com uma dívida considerável por muito tempo, e nunca se sabe quando vai se deparar com uma crise financeira.

A dica é criar um fundo financeiro de emergência para momentos de dificuldades, como uma poupança. Dessa forma, haverá uma reserva e você terá um socorro para manter sem atrasos seu financiamento.

Corte despesas

Diante de tanto consumismo, cortar despesas passou a ser uma tarefa difícil, não é mesmo? No entanto, se você considerar que será por uma excelente causa, terá prazer em algumas economias que podem evitar uma série de apertos futuros.

Sendo assim, existem despesas que podem ser cortadas ou mesmo reduzidas. Alguns exemplos são idas frequentes a restaurantes, constantes viagens;,compras de itens de vestuário, entre outros gastos que resultem em uma boa economia mensal.

Converse com o banco

Apesar de os financiamentos terem suas regras rígidas, é possível negociar com o gerente. Portanto, se você começar a sentir certa dificuldade, a ponto de não conseguir pagar uma parcela, antes que o problema se agrave, entre em contato com o profissional e tente negociar.

ofertas mitre

De fato, alguns são mais flexíveis que outros. No entanto, ele pode sugerir alternativas que possibilitem o pagamento, ou mesmo, facilitem. Tenha em mente que é interesse do banco, também, que os financiamentos sejam pagos e o imóvel não volte para ele.

Tenha um bom conhecimento acerca do contrato

É essencial ler bem o contrato de financiamento imobiliário para que você conheça todos os seus direitos e obrigações. Entender como tudo funciona pode ajudar muito na hora de negociar com a instituição financeira.

Faça um planejamento

Essa, talvez, seja a principal dica, pois planejar é imprescindível em qualquer setor da vida — e com o financiamento não seria diferente. O planejamento requer que você coloque tudo na ponta do lápis, ou seja, as despesas que terá antes e durante o financiamento. Todas as contas devem ser anotadas e se manter dentro do seu orçamento.

Quais são as soluções para as parcelas atrasadas de financiamento imobiliário?

Assim que o mutuário receber a notificação comunicando o débito, já é hora de agir e buscar entender bem a situação para negociar com o banco. Dessa forma, será possível encontrar as melhores opções para a solução do problema. Confira!

Renegociar imediatamente

A primeira coisa a fazer é procurar imediatamente a instituição financeira para renegociar a dívida. Lembrando que o pagamento do débito é também do interesse do banco, pois não existe nenhuma vantagem na devolução — uma vez que o mesmo terá que manter um imóvel que ficará fechado por algum tempo.

Dependendo da negociação e da flexibilidade da instituição, é possível que ela negocie uma quantia de entrada e distribua o restante nas prestações posteriores. Mas, para isso, é fundamental que o mutuário busque reverter o problema com o gerente responsável pelo financiamento.

Analisar o contrato

Antes de qualquer atitude, o comprador deve ler o contrato com bastante atenção para saber bem o que vai negociar. Isso porque pode haver brechas a seu favor. Vale ressaltar que alguns contratos incluem um seguro que garante o pagamento em ocasiões em que o mutuário se encontre em dificuldades financeiras ou mesmo desempregado.

Depois disso, quando o comprador já terá ciência de todos os parágrafos do contrato, deverá buscar imediatamente o gerente do banco para negociar a dívida.

Usar o FGTS

De acordo com as regras do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), a utilização do recurso para quitação de parcelas de financiamento imobiliário em atraso só pode ocorrer quando houver até três cotas sem pagamento. Portanto, se o mutuário tiver saldo, é uma boa chance de quitar a dívida.

Vender o imóvel

Em casos em que o pagamento da dívida chega a níveis mais críticos, pode ser a hora de se pensar na venda do imóvel. Mas vale ressaltar que essa decisão é uma alternativa extrema, que deve ser tomada quando todos os recursos e tentativas de solução do problema se esgotaram.

Por outro lado, a venda do imóvel pode ser um bom negócio para quem passa por essa situação, uma vez que é possível lucrar mais do que foi investido. Contudo, por ser um momento crítico e um processo que demanda agilidade, o valor da venda pode sofrer uma queda.

Como você conferiu neste conteúdo, as parcelas atrasadas de financiamento imobiliário podem ser negociadas para que você mantenha vivo o sonho da casa própria. Siga nossas sugestões e boa sorte!

Gostou deste artigo? Então, saiba mais sobre refinanciamento imobiliário!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

7 Comentários

  1. Boa tarde, estou desempregada e as prestações do meu imóvel esta atrasada, fui ate minha agencia e não tem atendimento pessoal, me passaram um numero de telefone do qual e um wattsap mas você não fala com um atendente então fica difícil de negociar.

  2. Quero quitar meus boletos em atraso, mas nenhum canal da caixa me enviam por e-mail. Já fui na agência. Me passaram número de whats, que não resolve nada.Preciso solucionar isso

  3. quero efetuar o pagamento da minha casa , mais não tô conseguindo pelo pix.na na caixa não esta tendo atendimento presencial. qual a solução?

    1. baixa o app da caixa, e vai em habitaçao, la tem as opcoes para pagamento.
      bem mais facil.

  4. Estou inadiplente no meu contrato habitaçao. Estou tentando contato a dias pelo 4004….mas nao atendem. Por fafivo como devo agir? Preciso solicitar um yipo de acordo

  5. Estou em dívida com a prestação da .inha casa mas não consigo ligo todos os dias para o 4004….que meu o um Whatsapp que ninguém resolve nada me deram outro número que é de uma empresa que negocia dívida com a caixa mas só dá ocupado. É um total descaso to doente desempregada mas quero negociar a dívida da casa.

  6. Oi eu não consegui acordo com a caixa no minha negociacao da prestação da casa deram dois dias pra mim pagar e não tenho essa dinhero como faço .??????

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.