Quais as vantagens e desvantagens de alugar um flat? Saiba aqui!

Quais as vantagens e desvantagens de alugar um flat? Saiba aqui!

A decisão de alugar um flat pode ter variados motivos, mas, sem dúvidas, o maior deles é a praticidade que essa opção oferece. Porém, existem os prós e os contras a serem considerados antes de fazer a escolha.

As vantagens e desvantagens dependem de saber o que realmente queremos e o que é mais conveniente em dado momento da vida.

Neste post, você vai saber o que é um flat, o que essa alternativa oferece aos moradores e quais são as suas principais características para tomar uma decisão. Continue conosco e confira!

O que é um flat, afinal?

Algumas pessoas não sabem diferenciar um apartamento de um flat ou de um apart-hotel, como também é chamado. Ficam na dúvida e confundem esse tipo de imóvel com uma quitinete — são diferentes, principalmente, em relação ao preço.

O flat é um tipo de apartamento que se caracteriza por ser maior que um quarto de hotel, mas que dispõe dos mesmos serviços. Entre eles, podemos citar refeições, limpeza diária, lavanderia, entre outros — incluídos na taxa do condomínio.

Geralmente, contam com uma cozinha pequena, que faz com que aquela ideia de hotel fique um pouco afastada. Assim, as pessoas que optam por esse estilo se sentem mais aconchegadas, tendo a alternativa do preparo das próprias refeições.

Em alguns flats, são oferecidos serviços diferenciados, como massagem, personal trainer, entre outros. Daí seu custo ser alto, apesar de não se comparar com uma diária de hotel — que é bem maior.

Além disso, não tem as mesmas formalidades e traz maior autonomia para quem decide alugar flat. Apesar das características de um hotel, a liberdade e o ar de moradia tradicional faz com que ele seja uma boa opção para moradores que buscam uma vida mais prática.

Em um apartamento padrão, a planta é mais espaçosa, contando com quartos, sala, cozinha, área de serviço, sala de jantar e banheiros. Não existe um serviço hoteleiro disponível e incluso na taxa de condomínio.

A área de lazer é mais limitada, o que difere muito de um flat, onde, normalmente, você tem acesso a academias completas, com piscina, sauna e salão de jogos.

Imóveis para alugar

Qual o perfil do proprietário ou inquilino de um flat?

Esse tipo de moradia é ideal para pessoas que moram sozinhas. Geralmente, quem escolhe os flats são executivos ou pessoas que estudam muito e trabalham, dispondo de pouco tempo para cuidar de um apartamento.

O flat também atende a pessoas que buscam um local para morar e têm pressa, não podendo esperar pelos trâmites burocráticos que envolvem um aluguel convencional, nem têm tempo de mobiliar o imóvel.

É uma excelente opção, também, para turistas e viajantes que pretendem passar uma temporada maior na cidade. Os serviços incluídos na taxa de condomínio permitem uma liberdade maior para quem pretende explorar o local ou tem uma agenda apertada.

Durante a estadia, é possível criar certo vínculo e sentir como se estivesse em casa — muitos viajantes e turistas, embora tenham amor pela estrada, sentem a necessidade de se adaptar ao local como se fosse nativo da cidade.

Como funciona um flat?

Quem é proprietário de um flat pode morar no local, alugá-lo ou vendê-lo. Existe uma boa vantagem em ser proprietário de um apart-hotel, visto que o retorno é superior ao aluguel de um apartamento convencional.

É possível que o proprietário opte por incluir seu imóvel em um sistema de administração hoteleira chamada “pool” ou, se preferir, pode administrar a locação pessoalmente.

A rentabilidade de um aluguel de um flat é maior que um aluguel residencial tradicional, pois isenta o investidor e o usuário de obrigações da lei do inquilinato – visto que os flats são regidos pelas normas da hotelaria.

Vantagens de morar em um flat

São muitas as vantagens de morar em um flat, que vão além do conceito de tradicionalismo. Há questões que precisam ser consideradas, por agregar e muito ao investimento. Vejamos!

Segurança

Um flat conta com segurança 24 horas e assegura o monitoramento dos apartamentos, o que garante tranquilidade aos hóspedes, com a liberdade de ir e vir, sem se preocupar com o acesso às dependências em horários mais estendidos.

Quem busca uma moradia segura encontra no flat a proteção necessária, com câmeras na entrada e um atendente na portaria que controla a circulação de pessoas.

Limpeza e manutenção

Para aquelas pessoas que não gostam de trabalho doméstico, essa é a alternativa perfeita. Trata-se de uma boa opção, principalmente, para aqueles que não têm tempo para nada.

Quem opta por morar em um flat pode contar com alguns serviços, desde o acesso a uma lavanderia simples até os serviços de limpeza completa do apartamento.

Para quem passa um longo dia trabalhando ou explorando os diversos cantos da cidade, é reconfortante ter a certeza de sair e, na volta, encontrar tudo limpo e organizado — um investimento que traz comodidade.

Facilidades de locação

Geralmente, o pagamento mensal é feito na entrada e depois cobrado normalmente, mês a mês. Não há necessidade de caução ou outra garantia, diferente do processo de alugar um apartamento convencional.

Para pessoas que precisam de um local com urgência, o flat pode ser ideal, lembrando sempre que os custos são muito maiores, em razão dessa praticidade.

Apesar disso, só de inexistir exigências, como apresentação de fiadores, renda, comprovante de residência e demais documentos, vale investir em uma moradia sem grandes burocracias.

Conforto

Para quem está em busca de tranquilidade e conforto, alugar flat é uma boa escolha. Imagine, após um dia agitado de trabalho, você chegar em casa e encontrar tudo limpo e organizado.

Se estiver com fome, é só solicitar a refeição desejada, sem precisar ir para a cozinha. No mais, é aproveitar a TV a cabo para assistir aquele bom filme.

Atende aos moradores com diversos serviços

Geralmente, estão inclusos os serviços de camareira, lavanderia, restaurante, porteiro 24 horas, área de lazer, TV a cabo e até manobrista. Tais praticidades representam um grande conforto para o morador.

Alguns flats oferecem mais serviços que outros, mas todos eles têm, pelo menos, o básico disponível — limpeza, lavanderia e restaurante.

Vale dizer que os serviços para sanar os problemas com as instalações elétricas e hidráulicas também estão inclusos no valor da taxa de condomínio. Logo, basta acionar a central e você terá um profissional disponível.

Obviamente, isso se reflete no custo de cada imóvel, mas os benefícios são bem atrativos e interessantes.

Desvantagens de alugar flat

Como em muitas outras situações, há contras em escolher essa alternativa e é fundamental prestar atenção em algumas desvantagens, dependendo das expectativas geradas em torno da moradia. Vamos analisar!

Alto custo

Na verdade, trata-se de uma administração hoteleira, na qual são oferecidos, praticamente, os mesmos serviços de um hotel. A diferença é que as pessoas que se instalam em flats pagam mensalidade, como em apartamentos, e não diárias.

Além disso, as instalações podem dar mais autonomia a quem vive no flat, se comparadas às formalidades de hotéis tradicionais. A sensação de aconchego e intimidade é maior para quem mora em um flat.

Por conta desses serviços que envolvem vários profissionais, o custo de alugar um flat é alto — não se compara à diária de um hotel, mas é consideravelmente acima do aluguel de um apartamento tradicional.

Falta de vínculo habitacional

Muitos daqueles que não apreciam a experiência de morar em um flat reclamam da sensação de estar vivendo em um hotel. Isso se deve, em parte, ao estilo e às características dos serviços oferecidos.

Diferentemente do aconchego que um apartamento é capaz de trazer, o flat já é alugado com os móveis e há menos espaço para se mudar a decoração.

Quem mora em um flat, independentemente do tempo que pretende ficar, não pode, por exemplo, comprar um móvel bonito ou um vaso de planta — dificilmente caberá algo mais no espaço.

Impessoalidade

Alguns moradores de flat estranham o fato de ser um local bastante impessoal. Há muita rotatividade de moradores, principalmente em períodos de festas, como no final de ano e no Carnaval.

Quem tem a necessidade de fazer amizades ou trocar receitas com os vizinhos, vai sentir esse distanciamento. A maioria dos moradores tem pouco tempo para se relacionar e criar vínculos com a vizinhança.

Porém, como toda regra tem exceção, não podemos dizer que é improvável encontrar pessoas com os mesmos interesses de tornar o ambiente mais pessoal e nascer grandes amizades durante o período de estadia.

Condomínio de alto custo

Pela variedade de serviços oferecidos e pelo conforto proporcionado aos moradores, o condomínio se diferencia daqueles de apartamentos comuns, apresentando valores maiores.

Os apartamentos são mobiliados e decorados, representando um custo alto para a administração — da mesma forma que é para os hotéis. É fundamental pensar no custo-benefício ou você vai sentir um preço salgado demais.

Criar uma planilha relacionando todos os gastos e comparar com o valor da mensalidade de um flat é uma boa alternativa para verificar se os preços estão mesmo muito divergentes.

O que avaliar antes de alugar um flat?

Pelo valor mais alto, um flat deve oferecer mais vantagens do que desvantagens. Quem opta por esse tipo de moradia está em busca de eficiência e praticidade.

Apesar de não existir uma multa contratual em caso da desistência de permanecer morando no local, a mudança, mesmo que temporária, representa o transtorno de movimentar bagagem e se adaptar em outro local.

É essencial observar bem todos os critérios, avaliar se estão de acordo com as suas expectativas, solicitar fotos e detalhes, se necessário, para só então alugar o flat. O que você precisa considerar?

Localização

A localização é muito importante, seja para quem vai residir por um período longo, seja temporariamente. Para quem não conhece a cidade ou os pontos estratégicos, a escolha centralizada pode facilitar a locomoção e o acesso a comércios.

Contudo, quanto mais central, maior o risco de cobrar uma mensalidade mais cara. Há possibilidades mais em conta, por isso, vale pesquisar ao máximo antes de definir onde se estabelecer no período de permanência na cidade.

Segurança

A segurança deve ser fator determinante, sobretudo em cidades muito movimentadas. Em algumas localidades, há histórico de abordagens na chegada às residências. Por isso, considere os serviços disponibilizados pelo condomínio.

Dê total preferência — mesmo que o custo seja mais elevado — a um apart-hotel com segurança 24 horas, monitoramento em todas as dependências, inclusive corredores e portaria, para visualização clara de todos os visitantes e moradores.

O controle de entrada e saída de pessoas, com acesso pela portaria principal e garagem, deve ser rigoroso e não permitir a circulação sem a devida identificação ou autorização dos moradores.

Todas as medidas de segurança cabíveis a um local de grande acesso e rotatividade de moradores deve ter, como característica marcante, uma política de segurança eficiente.

Documentação da propriedade

Para evitar transtornos durante a estadia, como ter que sair do imóvel em função de alguma irregularidade, exija a documentação que comprove não haver qualquer pendência, seja relacionada à venda, seja à situação do imóvel.

Saiba, por exemplo, se não há débitos anteriores de contas de energia, água, TV a cabo, internet ou qualquer situação que gere dor de cabeça e que pode ser evitada por uma verificação preventiva.

Manutenção

Já apontamos a manutenção como uma vantagem de optar por um flat, mas cuidado: é preciso ter a certeza de que a administração disponibiliza os serviços com preços incluídos no valor do condomínio.

Antes de assumir o compromisso, certifique-se de que todos os serviços serão prestados de acordo com a necessidade do morador. Afinal, a escolha de um flat está exatamente em não se preocupar com esses detalhes.

A manutenção é uma responsabilidade da administração e deve ser realizada como medida preventiva. Ou seja, não apenas quando um morador solicitar, mas continuamente, para evitar maiores transtornos.

Tenha o cuidado de vistoriar todas as instalações antes de bater o martelo, fazendo o apontamento quando algo não estiver de acordo com suas expectativas ou conforme as normas de segurança.

Como o flat não se enquadra em diversas situações de obrigações e direitos previstos na Lei do Inquilinato, será difícil cobrar da administradora ou do proprietário um tipo de reparo não acordado anteriormente.

Como é possível decorar um flat?

Independentemente do tempo que você for permanecer no flat, tornar o lugar aconchegante e com a sua cara pode ser uma boa ideia para criar um ar de pessoalidade e aconchego. Como o espaço nesse tipo de imóvel é mais limitado, utilize as paredes para criar uma decoração diferente. Use espelhos e uma iluminação eu favoreça o ambiente.

Deixe caminhos para circulação, colocando TV e equipamentos eletrônicos em móveis suspensos, que permitam melhor aproveitamento dos espaços. Organize os pequenos objetos em caixas ou potes decorados para não ter a sensação de itens espalhados.

Se gostar de plantas, dê preferência àquelas que resistem a ambientes fechados, como as suculentas. Por fim, encontre uma fragrância que combine com a sua personalidade e que seja agradável em um ambiente mais restrito, e utilize como aromatizante — você terá sempre a agradável sensação de estar mesmo em casa.

Agora você já sabe o que é um flat e que se trata de mais uma opção de moradia, entre tantas outras existentes. Com a ciência sobre as vantagens e desvantagens, cabe a você fazer uma boa análise antes de tomar a sua decisão.

Gostou do post? Se você não pretende apenas morar, mas também investir em imóveis, saiba que uma boa localização é fator importante para quem pensa em adquirir a modalidade de flats. Leia agora mesmo sobre o assunto para fechar bons negócios!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

3 Comentários

  1. Há várias incongruências na matéria.

    Os flats são regidos pelo código Civil apenas não pelas leis extravagantes.

    O termo Flat é um conceito amplo e em NENHUMA lei definido, nem a lei nem os órgãos governamentais foram capazes de regulamentar, razão pela qual vivemos uma situação de anomia.

    Os serviços frequentes são: arrumação diária, tv a cabo, internet e vaga de garagem, demais serviços são amenidades cujos hóspedes devem custear.

    Para locar um flat um hóspede assina uma nota promissória e deixa um valor de caução para pagar despesas ao término do contrato como luz, faxina pesada e lavanderia coletiva.

    Há vários pontos que merecem a atenção do legislador que se cala e nada faz em prol dos profissionais da área.

    1. Seu comentário foi mais esclarecedor do que a matéria

  2. Se por ventura o inquilino fizer estragos no flat, como o responsabilizar?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.