Casa ou apartamento?

Qual escolher: casa ou apartamento?

Para muitos brasileiros, ter o imóvel próprio está entre os maiores sonhos. No entanto, para realizar a compra de uma casa ou apartamento é preciso levar em consideração diversos fatores, como segurança, espaço, lazer e liberdade. Afinal, o investimento não é barato e a escolha errada pode trazer insatisfação e desconforto.

Diante desse cenário é comum surgir a dúvida de onde morar, mas verificar as vantagens que cada um desses tipos de imóveis têm para oferecer pode ser a maneira certa de tomar uma decisão antes de fechar negócio.

Por isso, neste artigo separamos benefícios que cada moradia proporciona para você poder escolher a melhor opção — a que mais atende o seu perfil e as suas necessidades. Continue a leitura e confira!

Quais as vantagens de comprar uma casa?

Quem opta por esse tipo de imóvel tem preferências que tornam imprescindível a vida em uma construção independente. Essa escolha encontra justificativa em diversos fatores, tais como as que trazemos logo abaixo!

Maior espaço

Essa é uma das principais características das casas, pois nelas, geralmente, a estrutura costuma ser mais ampla do que a encontrada nos apartamentos. Térreas ou assobradadas, quando apresentam metragem generosa, oferecem cômodos espaçosos, que comportam farto mobiliário.

Mais um aspecto das casas amplas é que receber visitas e fazer confraternizações não ocasiona apertos. Isso porque os imóveis viabilizam reunir confortavelmente os familiares e amigos nas diversas ocasiões sociais, como aniversários e Natal, entre outras datas.

Área externa privativa

Nas casas com área externa, as festas podem acontecer em ambiente aberto, já que muitas das construções têm churrasqueira, forno de pizza e outras estruturas. Por falar nos espaços do lado de fora, quem gosta de jardinagem tende a gostar muito do estilo de vida das casas.

Afinal, muitas delas oferecem canteiros e jardins, entre outros recantos com luz do sol — que favorece o crescimento das plantas.

Mas não somente as plantas se beneficiam da claridade natural propiciada pelas áreas abertas. Quem tem quintal onde bate sol, conta com um recanto particular para aproveitar a luz e o calor do astro-rei.

Dependendo da distribuição desse espaço externo, dá para estender rede, colocar móveis próprios para ambientes exteriores e o que mais deixar o lugar agradável. Os limites para tornar essa parte da casa um verdadeiro espaço de lazer ficam por conta, principalmente, da imaginação do morador.

Vagas de garagem

Esse é outro fator a considerar quando se está na dúvida entre uma casa ou apartamento. Casas, mesmo que não pertençam ao alto padrão, chegam a ter vaga para mais de um carro. Já nos condomínios, muitos apartamentos não contam com vaga na garagem, sendo que os com duas ou mais vagas são encontrados, majoritariamente, nos empreendimentos de luxo.

Mais autonomia e liberdade

Independentemente se a decisão é por morar em uma casa ou apartamento, sempre é necessário respeitar normas — sejam do bairro ou da rua em que se reside. Entretanto, quando a opção escolhida é uma casa, o morador tem maior autonomia, por ser ele o administrador do seu próprio imóvel.

Quanto à liberdade, morar em uma casa favorece essa sensação, à medida que não há porteiros, zeladoria e nem a constante convivência com vizinhos. Para muitos, esse é um diferencial que joga forte a favor da vida nessa modalidade de moradia.

Menos preocupação com o barulho

Quanto aos horários em que se pode fazer barulho e os que demandam silêncio, as casas agregam maior flexibilidade, pois essas edificações — a menos que sejam geminadas ou sobrepostas — são independentes.

Desse modo, os ruídos dos imóveis ao lado incomodam menos, ou nem sequer chamam a atenção. Além disso, os barulhos que o morador faz, passam mais despercebidos para aqueles vivem nos arredores.

Claro que, ainda assim, é preciso não extrapolar e fazer a política da boa vizinhança. Caso contrário, corre-se o risco de atrapalhar o sossego alheio e ter problemas.

Poder festejar quando quiser

Em relação às possibilidades que uma casa proporciona para o cotidiano, seus moradores têm a liberdade de criar eventos sem precisarem fazer prévio agendamento. Desse modo, a escolha da data para fazer um churrasco no quintal, por exemplo, fica a critério apenas do proprietário do imóvel.

Limitação quanto aos horários do início e término de festas e reuniões também não existem nesse caso. Basta ter o cuidado de reduzir o nível dos ruídos para poder estender as reuniões e os festejos até a hora que bem entender.

Privacidade diferenciada

Em reuniões e festas feitas em casa, somente os convidados têm acesso, o que elimina constrangimentos — como precisar servir mais pessoas do que as previstas ou ter de lidar com os olhares curiosos dos vizinhos.

O fato de não precisar compartilhar o espaço com pessoas desconhecidas gera maior privacidade aos eventos particulares de quem reside em uma casa.

Menos taxas

A maioria das pessoas que tem suas casas em bairros abertos é obrigada a pagar impostos públicos relacionados ao imóvel. Porém, não precisam arcar com custos fixos mensais relativos à limpeza, conservação e segurança das áreas externas à construção.

Claro que essa inexistência da cobrança por serviços não inclui as casas em condomínios fechados, pois para as edificações situadas nos empreendimentos é prevista cobrança de valores referentes à manutenção da infraestrutura de espaços comuns, entre outras.

Amplas possibilidades quanto às reformas e modificações

Mais uma característica a considerar sobre a vida nas casas é a vantagem de poder decidir o momento de fazer reformas e reparos. Essa autonomia torna viável encaixar no orçamento as obras necessárias à conservação do imóvel — o que ocorre de maneira diferente quando se tem propriedade em condomínio.

Também decidir que reparos e melhorias serão feitos, como e com quais materiais devem ser executados, são decisões inerentes ao dono da casa. Dessa maneira, há autonomia para modificar a estrutura do imóvel, realizar ampliações e o que mais a metragem do local comportar.

Assim, a possibilidade de fazer importantes transformações no imóvel permite até acompanhar o crescimento da família, pois uma casa pode se tornar maior ao acrescentar novas dependências à sua planta original.

Em muitos casos, é viável construir quartos, aumentar a cozinha, implantar uma varanda e até erguer várias moradias em um só terreno

Maiores condições para ter animais de estimação

Apesar de apartamentos permitirem que os moradores tenham animais, geralmente é mais simples criar animais de estimação em casas com quintal. Nessa área externa, o pet encontra o espaço ideal para suas necessidades, dependendo menos do seu tutor.

Com isso, diminui o compromisso de levar a mascote à rua sucessivas vezes. O quintal serve ainda para dar banho no pet, escovar sua pelagem, deixá-lo tomar sol e brincar. Além disso, os animais criados em casas têm menos restrições quanto a fazer barulho, bem como menor risco de serem considerados transtornos pelos vizinhos.

Pets em condomínios compartilham corredores e outras áreas comuns com as pessoas. Então, como nem todas apreciam ter animais nas proximidades, a presença dos bichinhos pode causar perturbação.

Veja ainda que os bichos de estimação, mesmo que aceitos em apartamentos, podem virar um incômodo até para quem divide a rotina com eles. Isso, principalmente, em imóveis com pouca ventilação, nos quais é preciso ter todo o cuidado com odores.

Alternativa de abrir um comércio

Devido ao maior espaço que uma casa oferece, há quem opte por dar a ela dupla utilidade. Desse modo, é possível utilizar a construção como moradia e local de trabalho. É o caso de quem agrega uma empresa à residência, mantendo nela comércios ou serviços, como salão de beleza, escritório ou oficina.

Essa condição é especialmente valiosa para quem quer empreender sem os custos de alugar ou comprar um imóvel unicamente para a atividade. Prática bastante comum no país, essa alternativa costuma funcionar como ponto de partida aos negócios que, com o tempo, podem crescer e ganhar seus próprios espaços.

Quais as vantagens de comprar um apartamento?

Apartamentos representam excelentes soluções em moradia para quem busca morar com toda praticidade. Como numerosos públicos fazem tal opção, a procura por esse tipo de imóvel cresce de forma cada vez mais acentuada — principalmente nas grandes cidades em que a concentração de pessoas é maior.

Somado a esse fator, há a questão do preço de um apartamento ser relativamente mais baixo do que o de uma casa. Entretanto, essa diferença de valor não significa perda de qualidade de vida. Nesse sentido, apartamentos são excelentes escolhas em moradia. Aliados a essa vantagem, somam-se outros múltiplos benefícios que você confere a seguir!

Segurança

Para quem passa muito tempo fora trabalhando ou viajando, escolher um apartamento é uma opção consideravelmente segura. A começar pela atuação da portaria, que monitora e controla todos os acessos ao prédio, impedindo a entrada de pessoas e veículos não identificados.

Há, ainda, os diferentes aparatos dos quais os condomínios se valem para resguardar a integridade dos moradores e a preservação de seus bens. Dentre esses recursos são destaques as portarias virtuais, sistemas de câmeras e alarmes conectados às centrais de vigilância.

Equipamentos para prevenção e combate a incêndio, fechaduras digitais e rádios comunicadores são mais aparatos criados para promover a segurança nos condomínios. É claro que nenhuma estrutura é 100% infalível, porém, quanto mais complexas e sofisticadas são as medidas adotadas nos empreendimentos, maior o nível de tranquilidade que promovem aos moradores.

Comodidades

Quem vive em apartamento desfruta das conveniências típicas dos condomínios. Como o serviço prestado pelos funcionários, que providenciam a limpeza, manutenção e vigilância das áreas de uso coletivo.

Toda essa comodidade pode ser percebida no dia a dia, em aspectos que incluem a retirada do lixo, o recebimento das correspondências, os reparos e as reformas. Tudo isso resulta no morador não precisar se preocupar com a contratação de pessoal e acompanhamento da execução dos trabalhos.

Essas várias tarefas são deixadas a cargo do síndico, que tanto pode ser um morador eleito para administrar o residencial como um profissional. Há casos ainda em que uma empresa especializada em gestão de condomínios assume as funções de organizar o andamento do prédio.

Seja no caso de síndico eleito ou da gestão profissional, os custos apurados pela administração, gerados pelo dia a dia do edifício, são divididos entre todos os moradores do prédio. Por isso, a atualização constante dessa infraestrutura é mantida sem grandes dores de cabeça para quem vive nos imóveis.

Vizinhos mais próximos

Vizinhos por perto tendem a transmitir ainda maior sensação de segurança a quem mora em apartamento. A proximidade tem outros ganhos, como estabelecer vínculos de mútua colaboração. Esses relacionamentos são especialmente importantes quando o morador fica fora por extensos períodos ou viaja com frequência.

Nessas situações, contar com uma pessoa de confiança, seja para dar uma olhadinha no apartamento, cuidar das plantas ou do animal de estimação, faz toda a diferença.

Áreas de lazer e convivência

Diversos condomínios de apartamentos oferecem estruturas de lazer e convivência, como quiosques com churrasqueira, playground, academia e piscina. Essas áreas são ótimos ambientes para a socialização, tanto para os adultos quanto para as crianças.

Seja em uma ou na outra faixa etária, conviver contribui para o bem-estar mental, estimula novas amizades e, claro, funciona como antídoto para a solidão.

Localização

Devido à expansão das grandes cidades, a tendência do setor imobiliário é investir cada vez mais na construção de modernos condomínios com a finalidade de atender à sempre crescente demanda por habitações.

Com essa finalidade, incorporam terrenos localizados em regiões atrativas. Exemplo dessas localidades são os bairros próximos aos centros das cidades e aqueles com acesso facilitado às áreas de grande movimentação.

Em função disso, quem pretende morar em pontos centrais tem mais oportunidades de encontrar apartamentos do que casas. A questão da oferta dessa modalidade de moradia ser predominante, principalmente em bairros bem estruturados, também conta a favor da localização dos apartamentos.

Nos bairros nobres, exceto quando há limitação para novas construções, ou onde não é permitido erguer prédios, a quantidade de unidades condominiais costuma chamar a atenção. Essa verticalização acontece em consequência dos atributos das localidades, portanto, é mais notável em bairros aclamados.

Por isso, há grande quantidade de condomínios rodeados por comércios, serviços e transporte público nas principais localidades da cidade. Isso sugere maior facilidade de se conseguir um apartamento com localização privilegiada.

A escolha de uma casa ou apartamento não traz uma opção melhor do que a outra, pois ambas as edificações têm prós e contras a considerar. Nesse caso, optar pelo imóvel perfeito vai depender do que melhor atender às suas necessidades e preferências.

Para uma família com filhos pequenos, por exemplo, pode ser que uma casa com espaço seja a melhor escolha, por oferecer maior liberdade. Em contrapartida, o apartamento pode proporcionar maiores opções de lazer para as crianças, além de ter mais segurança.

Por isso, vale a pena mensurar a opção que cabe no orçamento e se encaixa nos seus objetivos, tanto presentes quanto futuros, para fazer a escolha de moradia mais adequada.

Dê uma turbinada na sua busca pela casa ou apartamento ideal: descubra quais são os melhores lugares para morar em SP!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

  1. Olá!
    Você aí está com dúvidas na hora de construir ou reformar eu sou a profissional perfeita pra te ajudar, sou Thatiana arquiteta, me chama pra batermos um papinho que vou te atender com maior carinho e te ajudar…. WhatsApp 021 97978-1566

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.