Quer reformar apartamento alugado? Confira 7 melhores dicas

Você se tornou inquilino e gostaria de mudar alguma coisa no novo espaço, mas esbarra na questão das alterações que não podem ser feitas por locadores? Esse é o problema de reformar apartamento alugado, pois toda e qualquer modificação que envolva paredes e piso precisam da autorização do proprietário.

Além disso, existe a parte estrutural do apartamento, que talvez não posse ser modificada, pois pode comprometer a estrutura da edificação. Essa mudança, além da autorização do locatário, deverá ter a permissão do síndico do condomínio, que é o administrador do local.

Existe também a possibilidade de você negociar com o proprietário a diminuição do valor do aluguel. Isso pode ocorrer em função da reforma, afinal, você valorizará um imóvel que não é seu.

Muitos concordam e o negócio fica bom para os dois lados. Neste artigo, vamos mostrar o que você pode fazer para deixar seu apartamento alugado com a sua cara, sem precisar mexer nos itens proibidos. Continue a leitura e confira!

1. Conte com um bom projeto

Se você não se encontra na situação das proibições e o proprietário autorizou a reforma, excelente! Mas, não se esqueça de contar com um bom projeto para garantir um trabalho bem-feito — sendo tudo devidamente calculado e que não leve mais tempo que o previsto. Dito isso, o próximo desafio é buscar um engenheiro ou arquiteto, principalmente se o imóvel for antigo e precisar de uma avaliação mais aprofundada.

Afinal, é exigida uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) ou Registro de Responsabilidade Técnica (RRT). Outra vantagem de contratar esse profissional é que, geralmente, quando há esse acompanhamento, a reforma se torna mais rápida e previsível — o que evita aborrecimentos futuros.

2. Atente-se às regras do condomínio

Reformar apartamento alugado requer cuidados e um deles é saber as regras do condomínio, já que terá barulho e quebra-quebra. A primeira coisa é se informar sobre os horários que pode haver trânsito de pessoas que não morem no condomínio, como as que trabalharão na reforma. Outro cuidado a ser tomado é entregar aos órgãos responsáveis e ao síndico do local a documentação exigida, para que sua obra não seja embargada após ter dado início aos trabalhos. 

3. Pinte as paredes ou coloque adesivos

Pintar as paredes é permitido, mas você deve se lembrar de que terá que entregar o apartamento devidamente pintado, como você recebeu, e de acordo com que estiver no contrato. Por isso, pintar algo que você recebeu recém-pintado não será vantagem.

Por isso, a dica é investir em adesivos ou papel de parede, já que depois você terá que pintar mesmo. Dessa forma, você poderá decorar o imóvel de forma mais barata, sem investir tanto em tintas. Além disso, a decoração de apenas uma parede do cômodo fica muito bacana e dá um ar personalizado ao local. 

4. Invista em uma iluminação diferenciada

Outra dica na hora de reformar apartamento alugado tem a ver com a iluminação. Garanta aos espaços da casa a luminosidade adequada para cada ambiente. Instalar trilhos com spots é uma excelente sugestão, pois são fáceis de serem instalados e retirados. Além disso, existem algumas vantagens ao fazer essa opção, como o uso de apenas um ponto de luz para cada trilho.

Assim, a iluminação poder ser distribuída pelo ambiente sem haver quebra-quebra, e você terá a possibilidade de apontar as lâmpadas para o canto que quiser. Sem contar que deixa os espaços muito mais agradáveis! As luminárias, os abajures e as arandelas são também excelentes alternativas de iluminação e garantem um décor charmoso ao local.

5. Aposte em cortinas, prateleiras e quadros

Qualquer dos itens acima fará você furar a parede ou colocar adesivos. Na verdade, todos estragam a pintura e, já que você vai pintar novamente na entrega, tanto faz, não é? Então, aposte nesses elementos decorativos. Quadros e cortinas não podem faltar, uma vez que garantem uma decoração mais personalizada.

As prateleiras são muito úteis e decoram os ambientes da casa. Você pode instalar no banheiro, garantindo mais espaço para guardar os itens desse cômodo. Na cozinha, elas também são úteis e permitem organizar potes e outros materiais, tornando o local bem-arrumado.

6. Pense no revestimento adesivo para banheiro e cozinha

Geralmente, cozinhas e banheiros de apartamentos antigos, e até dos mais novos, já estão com seus azulejos desgastados. Com o tempo, a estética desses dois locais da casa deixa muito a desejar. Sendo assim, existe uma boa alternativa para contornar o problema: o revestimento adesivo.

Portanto, se você não pode reformar esses espaços, uma boa opção pode ser o adesivo, que é uma alternativa prática e fácil de ser aplicada. Inclusive, encontramos excelentes imitações dos modelos clássicos, como “tijolinho” e do ladrilho hidráulico, tanto do tradicional quanto do colorido. A maioria das opções é impermeável e resistente à água e à gordura.

7. Liberte sua criatividade com uma parede de lousa

Essa sugestão é prática, moderna e bem fácil de aplicar, tanto a tinta quanto o adesivo. Pode ser usada em qualquer espaço da casa. Na cozinha e no quarto das crianças, é bem prático. Os pequenos se divertem, liberando toda a criatividade. Na cozinha, pode ser utilizado para escrever receitas ou apenas para decoração. Você pode escolher entre as duas opções, tinta ou revestimento adesivo. 

Se optar por fazer a parede de tinta, ela dá mais trabalho que a aplicação do revestimento. Para isso, você vai precisar de tinta preta fosca, um rolo de lã e uma bandeja para tirar o excesso do material. Depois, é só escolher a parede e sair pintando. Você pode optar por uma parede estreita ou uma grande inteira, siga seu gosto. Para escrever ou desenhar, use o giz de cera branco ou colorido. Para apagar, o mais indicado é um pano seco. O pano úmido é usado para renovar a obra de arte.

Por fim, vamos reforçar a importância de o inquilino comunicar ao proprietário do imóvel, sempre que precisar reformar apartamento alugado. Assim, você evita uma série de aborrecimentos futuros, inclusive judiciais.

Se você gostou deste conteúdo, certamente, vai gostar desse outro que fala sobre dicas para manter sua obra sob controle!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.