Plenário do senado aprova destaques e projeto de distrato retornará à câmara dos deputados

Restrições de capital da Caixa têm afetado Mercado de Financiamento imobiliário

São Paulo, 30/01/2018 – As restrições de capital e funding da Caixa Econômica Federal já impactaram o mercado de financiamento imobiliário em 2017 e podem afetar as projeções de desempenho neste ano, de acordo com o presidente da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), Gilberto Abreu. “Vai depender de quão rápido o banco público vai resolver essas questões. Se conseguir equacioná-las e voltar rapidamente ao setor, a Caixa pode até beneficiar o segmento em 2018”, avaliou ele, em coletiva de imprensa nesta manhã para comentar os resultados do setor.

Enquanto isso, conforme Abreu, os bancos privados, que já ocuparam maior espaço no financiamento imobiliário, devem continuar abocanhando uma maior fatia do setor em 2018. Ele lembrou que a Caixa tem abrangência geográfica grande e a maior cobertura nacional em financiamento imobiliário no Brasil.

Considerando apenas o desembolso feito em 2017, o banco público seguiu na liderança do financiamento imobiliário com recursos da poupança (SBPE), respondendo por 38,1% do crédito para aquisição e construção, com um total de R$ 16,4 bilhões. Na sequência, estiveram Itaú Unibanco (19,8%, R$ 8,5 bilhões), Bradesco (18,3%, R$ 7,9 bilhões), Santander (14,4%, R$ 6,2 bilhões) e Banco do Brasil (6,4%, R$ 2,8 bilhões). (Aline Bronzatialine.bronzati@estadao.com)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.