Quer sair do aluguel? 4 dicas práticas para comprar seu imóvel

Quer sair do aluguel? 4 dicas práticas para comprar seu imóvel

O caminho para sair do aluguel e comprar a tão sonhada casa própria, para alguns, é longo, mas para outros, nem tanto. Por que será, não é mesmo? É fato que o valor da renda mensal conta, mas muitos se enrolam, mesmo com excelentes proventos. Por isso, não desanime: um simples planejamento pode resolver todos os seus problemas.

Organizar-se nesse momento pode tornar esse percurso mais curto? Para isso, logicamente, é necessário um bom planejamento e muita organização nas finanças — mas impossível, como muito pensam, definitivamente, não é. Basta ter foco e muita força de vontade.

Quer dar o primeiro passo para começar a pensar em um financiamento imobiliário? Veja 4 dicas práticas para realizar esse objetivo!

1. Comece a fazer um controle de seus gastos

Tudo que alguém com objetivos de entrar em um financiamento de imóvel deve pensar é em economia, certo? Por isso, comece a controlar seus gastos. Essa medida ajudará a juntar dinheiro — e é isso que você precisa nesse momento.

A primeira medida eficaz para evitar gastar dinheiro com bobagem é fazer um controle real de gastos, ou seja, conhecer sua renda e suas despesas. Um boa forma de organizar suas finanças é por meio de lista. Não importa a forma que fará esse controle: o importante é começar. Quando você perceber, já economizou muito, parece ser automático.

2. Busque economizar para sair do aluguel

Muitas vezes, estamos tão acostumados com nossos gastos, que se torna difícil saber de onde podemos tirar, ou seja, o que devemos excluir do nosso orçamento e que não nos fará uma falta extrema. Pense nos seus custos e o que pode reduzir. Veja alguns exemplos:

ofertas mitre
  • uma viagem que possa ser adiada;
  • a compra de um novo celular, já que um smartphone médio não sai por menos de R$2 mil;
  • comprar apenas quando for necessário, acabando com aquela velha história de fazer tudo por impulso, mesmo que o que você estiver inclinado a adquirir esteja com um bom preço.

Dessa forma, toda vez que você pensar em algo para comprar — que em grande parte dos casos, não há necessidade — você vai pensar muitas vezes.

3. Estude as formas de financiamento

Comprar um imóvel exige que você entenda um pouco de como ocorre o financiamento e quais as opções oferecidas pelo mercado. Existem formas de negociar, que podem ser:

  • diretamente com a construtora;
  • com o proprietário do imóvel;
  • por meio de uma imobiliária;
  • buscando o melhor financiamento com as instituições etc.

Nesse momento de tocar esse importante projeto de sua vida, é primordial saber que existem vários recursos que podem ajudar a reduzir o montante do financiamento. Exemplos disso seriam o FGTS, que possibilita dar uma entrada maior, diminuindo o valor das prestações, e o empréstimo bancário (em que os juros devem ser avaliados para não recair em prejuízo).

Ou seja, estudar um pouco sobre as variadas formas de entrar em um financiamento é essencial para um bom negócio.

4. Pague tudo em dia

Isso tudo que falamos aqui tem por objetivo essa dica essencial: conseguir manter seus pagamentos em dia. Pagar o aluguel e o início do financiamento não é fácil. Para isso, é primordial que você se organize para que sempre haja recursos para essas duas dívidas, visto que qualquer descontrole pode transformar seu sonho em pesadelo.

Como você conferiu neste post, ter controle sobre suas dívidas e obrigações pode fazer com que esse sonho de sair do aluguel se torne realidade. Junto a isso, você ainda pode conquistar sua estabilidade financeira.

Gostou do que leu aqui? Veja, então, nossas dicas de como conseguir um financiamento imobiliário!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.