Plenário do senado aprova destaques e projeto de distrato retornará à câmara dos deputados

São Paulo tem recorde de locação de prédios corporativos no 1º trimestre

São Paulo, 19/04/2018 – O mercado de edifícios corporativos teve recorde de comercialização no começo do ano na cidade de São Paulo. O saldo entre áreas alugadas e devolvidas – chamado pelo jargão de absorção líquida – foi positivo em 127,3 mil m² no primeiro trimestre, o maior nível já registrado pela consultoria imobiliária Buildings desde 2005, quando passou a realizar essa pesquisa. O saldo de locações do primeiro trimestre de 2018 também foi quase o triplo do verificado no quarto trimestre de 2017, quando atingiu 44,1 mil m².

Aumentando a casa
O reaquecimento do mercado foi puxado por contratos de áreas significativas em diversos pontos da capital paulista, como a ocupação de 20 mil m² pela Porto Seguro na Barra Funda e 12 mil m² pela XP Investimentos no Itaim Bibi.

Há vagas
Apesar do recorde de locações, São Paulo teve aumento de espaços vagos, que passaram de 19,2% para 20,7%. Isso aconteceu porque houve também um recorde de entrega de prédios que estavam em construção, o que ampliou em 205 mil m² a área total disponível para locação, segundo a Buildings. (Circe Bonatelli – circe.bonatelli@estadao.com)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.