Shoppings tendem a ampliar lucro no trimestre, apesar de vendas menores

Shoppings tendem a ampliar lucro no trimestre, apesar de vendas menores

São Paulo, 23/10/2018 – As donas de shopping centers devem apresentar expansão em seus indicadores de lucro no terceiro trimestre de 2018 frente ao mesmo período de 2017, ainda que as vendas tenham desacelerado, segundo projeções de analistas. Os balanços das companhias serão apresentados nos próximos dias.

BRMalls, Multiplan e Iguatemi devem apresentar, juntas, Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 581,4 milhões, o equivalente a um crescimento de 11,4% na comparação anual, de acordo com a média da projeções de quatro instituições financeiras (BTG Pactual, JPMorgan, Safra e Santander). Já o lucro líquido consolidado deverá totalizar R$ 307,0 milhões, expansão de 28,6%.

Segundo analistas, a base para esses avanços é a contenção da crise nos últimos 12 meses. De lá para cá, as companhias têm conseguido manter sob controle a inadimplência dos lojistas, retirar aos poucos os descontos nos aluguéis das lojas e reduzir as provisões para calotes. Além disso, a queda na taxa básica de juros aliviou as despesas com pagamento de dívidas financeiras.

Esses fatores devem mais do que compensar a esperada desaceleração das vendas dos shoppings na comparação anual. Vale lembrar que, um ano atrás, as vendas foram impulsionadas pela liberação do saque de contas do FGTS, o que torna a base de comparação mais forte. Outro ponto é que o ritmo lento de recuperação da economia brasileira também tem restringido uma melhora mais consistente do varejo neste ano.

Em relatório do banco BTG Pactual, os analistas Gustavo Cambaúva e Elvis Credendio, estimaram que as vendas nas mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês) do setor cresçam em torno de 2% a 3% no período. “De maneira geral, esperamos que o trimestre será forte para o setor, com SSS crescendo, ainda em que um ritmo mais suave”, afirmaram.

Na mesma linha, os analistas Luiz Peçanha e Rafael Zanini, do banco Safra, também previram que a taxa de crescimento das vendas nas mesmas lojas do setor seja baixa (low single digit) no trimestre. “De acordo com as companhias com que falamos, as vendas nos shoppings caíram em julho, subiram em agosto e desaceleraram em setembro”, descreveram, em relatório.

Companhias – A Multiplan abrirá a temporada de balanços do setor, com a divulgação de seus resultados no dia 29 de outubro, após o fechamento do mercado. A projeção de analistas é que a companhia apresente lucro líquido de R$ 118,6 milhões, um aumento de 57% na comparação anual, beneficiada pela redução em provisões para devedores duvidosos e ganho de margem.

Na sequência, virá a Iguatemi, com divulgação do balanço programada para 6 de novembro, depois do encerramento do mercado. A estimativa de analistas é que a empresa apresente lucro líquido de R$ 70,3 milhões, crescimento de 32,6%, com ganho de fôlego pelo corte nas despesas financeiras.

A BRMalls fechará a temporada de balanços do setor, com divulgação dos números em 13 de novembro. A maior proprietária de shopping centers no País deve apresentar lucro líquido de R$ 118,0 milhões no terceiro trimestre de 2018, o equivalente a uma alta de 7,2%. Após um limpeza em suas provisões para devedores duvidosos, a companhia agora apura melhora gradual nas margens operacionais e queda nas despesas financeiras. (Circe Bonatelli – circe.bonatelli@estadao.com)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.