MRV acelera lançamentos e tem novo recorde de vendas no trimestre

Tenda anuncia projeto de industrialização de canteiros para novos mercados

São Paulo, 10/12/2019 – A Tenda anunciou que entre 2020 e 2021 deve executar projetos pilotos de industrialização de construções, o chamado off-site. O anúncio foi feito durante o Tenda Investor Day nesta terça-feira.

Com isso, a empresa pretende aumentar a produtividade e viabilizar a chegada a mercados hoje inexplorados, como condomínios residenciais com menos de mil unidades habitacionais cada. A Tenda espera dobrar o mercado potencial, passando das atuais 15 mil unidades anuais para até 30 mil.

O modelo propõe a industrialização das obras, com a produção de pré-moldados que chegam aos canteiros já com estruturas como instalações elétricas e janelas prontas, otimizando a produção e reduzindo o tempo de obras. Desde 2013, a empresa já possui etapas da construção industrializadas, como o modelo de paredes com formas de alumínio e paredes de concreto.

“O que é revolucionário é que você tira uma enorme parte das atividades executadas no canteiro e executa dentro de uma fábrica. A gente vai fazer um piloto dessas tecnologias, em uma escala muito diminuta, e a medida que for ganhando convicção aí sim faríamos um investimento em larga escala”, afirmou ao Broadcast Rodrigo Osmo, diretor-presidente da Tenda.

A Tenda atua apenas na construção de torres, mas Rodrigo Osmo afirma que a empresa não descarta o investimento em casas após os primeiros testes. “Hoje a gente não sabe qual o tipo de produto ideal para as cidades médias e pequenas. Se for um produto verticalizado, um prédio, ou casas”.  (Por Ana Luiza de Carvalho, da Agência Estado)

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.