tendências de vendas para incorporadoras

Não perca 6 tendências de vendas para incorporadoras no pós-pandemia

Quais as tendências de vendas para incorporadoras no pós-pandemia? No início de 2020, quando foi identificado o primeiro caso de Covid-19 em São Paulo, o mercado imobiliário como um todo sofreu alguns impactos.

Com a incerteza da economia e as medidas de distanciamento social, o mês de abril, de acordo com o Secovi-SP, foi o período com menor volume de vendas (apenas 1.923 unidades negociadas). Porém, em outubro, o sinal de recuperação se tornou claro, com 5.552 unidades vendidas — contra 4.023 no mesmo mês do ano anterior.

Por essa razão, existe a necessidade de as incorporadoras estarem de olho nas tendências observadas do mercado, uma vez que ele está reaquecido e com exigências diferentes por parte do público — justamente, devido a essa experiência de distanciamento social.

Neste material, a gente apresenta quais são elas. Continue a leitura e saiba mais!

1. Sustentabilidade

Mesmo antes da pandemia, a sustentabilidade era uma preocupação para as incorporadoras no momento de construir um imóvel. Porém, essa tendência será observada com muito mais frequência daqui em diante.

Soluções que contribuam para o reaproveitamento de água, por exemplo, estarão entre as prioridades na hora de lançar um novo produto, bem como a preocupação em elaborar um projeto que aproveite ao máximo a luz natural.

Além de contribuir para o meio ambiente, essas novas medidas permitem uma economia para as pessoas, principalmente, em um contexto no qual há o estímulo para uma redução do gasto de energia devido à crise hídrica enfrentada no país.

2. Apartamentos para home office

Devido aos decretos municipais e estaduais para reduzir a proliferação do vírus, empresas dos mais variados portes precisaram adotar o home office. Porém, grande parte delas continuará com o trabalho remoto, mesmo após a pandemia.

De acordo com um estudo realizado pela plataforma Workana, 94,2% das pessoas afirmam que gostariam de continuar operando remotamente, mesmo com o fim da crise sanitária. Também, 96,7% das pessoas dizem que o benefício de atuar em home office será um diferencial no momento de buscar por uma nova empresa.

Dessa forma, observamos uma forte tendência de grandes empresas permanecerem nesse cenário, o que impacta o estilo de vida das pessoas como um todo. Ao buscar por um apartamento, estarão atentas a um produto que ofereça um espaço atrativo para o seu trabalho, uma vez que o ambiente influencia diretamente a produtividade e os resultados.

3. Busca por conforto

A pandemia nos trouxe uma relação com a casa que não tínhamos até pouco tempo atrás. Especialmente, em centros urbanos, o tempo em que permanecíamos no imóvel era relativamente pequeno — uma vez que não ficávamos na rua apenas as oito horas diárias, como também, tinha o espaço de tempo da locomoção e demais atividades que fazíamos.

Nesse sentido, a busca por conforto se ampliou. Seja térmico, seja acústico, as pessoas estão muito mais atentas a algumas particularidades do imóvel antes de fechar um negócio. Será um diferencial, então, as residências que apresentarem essas características logo em seu projeto inicial, de modo que o futuro morador já identifique como será a sua qualidade de vida depois de uma negociação tão importante como essa.

4. Novas tecnologias

Apartamentos estão cada vez mais conectados. Hoje, clientes buscam facilidade em seu dia a dia, além de tecnologias que contribuam para uma redução de custos no final do mês. Por essa razão, comandos por voz, por exemplo, são uma forte tendência para os novos produtos, além de o espaço ser todo adaptado para as necessidades do público.

Isso ocorre porque aparelhos de assistentes de voz estão se tornando extremamente populares, auxiliando os moradores em pequenas tarefas — realizar ligações, tocar músicas, acender luz e abrir cortinas são apenas algumas das atividades feitas pelo produto.

Luzes automatizadas também têm se tornado comuns nas residências — há a possibilidade de a pessoa realizar o controle da iluminação de acordo com as suas necessidades e com o que é desempenhado naquele cômodo no momento.

Além disso, um mesmo espaço pode ser útil tanto para uma família com filhos quanto para pessoas solteiras — e precisa haver facilidade de adaptar esses ambientes conforme as demandas dos moradores.

5. Busca por facilidade de limpeza

Em pouco mais de um ano de pandemia, a casa se tornou um espaço único para todas as atividades: lazer, moradia e trabalho. Por essa razão, as pessoas buscam por um ambiente que seja fácil de limpar, uma vez que, em seu tempo livre, quer destinar suas atividades para fazer algo prazeroso, como assistir um filme, série, ler livro ou brincar com as crianças.

No momento de projetar um apartamento, essa deve ser uma preocupação, pois é outra característica que se reflete diretamente na qualidade de vida do morador, e também influencia a redução de custos (uma vez que não vai haver tantos gastos com produtos de limpeza).

6. Áreas de lazer diferenciadas e infraestrutura modificada

Voltando ao contexto de trabalho remoto definitivo, as áreas de lazer precisam ser reinventadas. Podem ser utilizadas tanto para o momento de descanso aos finais de semana quanto para o trabalho, enquanto ela estiver vazia.

É importante, nesse sentido, que haja uma preocupação em oferecer espaços com conforto térmico e com uma boa iluminação para que os moradores possam usufruir desse ambiente de diversas formas, conforme a sua necessidade.

Outro ponto essencial está relacionado à infraestrutura de espaços comuns. O consumo de delivery aumentou consideravelmente durante a pandemia. Somente em abril de 2020, o número de pedidos teve um aumento de 975%, enquanto a quantidade de usuários, de 155% — o esperado era de apenas 30%.

É preciso, então, haver um espaço para receber esses produtos — uma geladeira, por exemplo —, de modo que o morador possa buscá-lo com uma boa temperatura para consumo (para refrigerantes e bebidas, nesse caso).

Neste conteúdo, você pôde entender algumas tendências de vendas para incorporadoras. Caso um empreendimento tenha sido elaborado já pensando em alguns diferenciais para os moradores em um futuro pós-pandemia, o ideal é compartilhar essas informações em um portal que contribuirá para a geração de leads e para trazer pessoas qualificadas para as compras de produtos em um empreendimento específico.

Para isso, conheça o Moving Imóveis e se destaque!

Fique por dentro do Mercado Imobiliário! Receba conteúdos gratuitamente.

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.